Novos médicos participam de oficina de acolhimento

Os 20 profissionais receberam informações sobre a atenção básica do estado (Foto: Assessoria Sesacre)
Os 20 profissionais receberam informações sobre a atenção básica do estado (Foto: Assessoria Sesacre)

Estiveram reunidos na manhã desta segunda-feira, 14, no Hotel Imperador Galvez, os 20 médicos que chegaram a Rio Branco neste sábado, 12, por meio do programa “Mais Médicos”, para participar da Oficina de Acolhimento, onde receberam informações sobre os aspectos epidemiológicos do estado.

Para quebrar o clima formal da reunião, a equipe da Rádio Humanizar esteve presente, explicando aos médicos cubanos o significado de algumas palavras do dicionário “acreanês”. À tarde, os profissionais conhecerão o funcionamento da política de atenção primária e, também, da rede assistencial estadual, regional e municipal.

Segundo a gerente da Atenção Primária da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), Elisete Araújo, a oficina é a oportunidade de os profissionais se ambientarem ao estado, conhecendo, assim, o local onde irão atuar.

Para o acreano Luiz Carlos Nascimento, formado em medicina na Argentina, participar do programa é realizar o sonho de trabalhar em sua cidade natal. “Eu já atuava como enfermeiro aqui em Rio Branco e conheço a realidade local. Pretendo retribuir ao meu estado tudo o que ele me deu, cuidando bem das pessoas”, disse.

A programação de acolhimento se estende até a quarta-feira, 16, quando os profissionais serão encaminhados para seus municípios de lotação.