No retorno das sessões presenciais, presidente da Aleac destaca a importância do Legislativo para dar sustentação às ações do governo

Depois de um ano e cinco meses, as sessões da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) retornaram ao plenário nesta terça, 10. Durante o período, devido às restrições impostas pela pandemia de Covid-19, os trabalhos legislativos foram desenvolvidos por meio de plataformas virtuais. O avanço da vacinação no estado e o estrito cumprimento dos protocolos preventivos possibilitaram o retorno dos deputados estaduais ao plenário da casa.

Sessões da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) retornaram ao plenário nesta terça, 10. Foto: Agência Aleac

A sessão presencial se iniciou com uma homenagem aos oito funcionários da Aleac que faleceram devido às complicações da Covid, com fotos de cada um projetadas no plenário. Foi dedicado ainda um minuto de silêncio às vítimas da pandemia. Em seguida, o presidente da Assembleia, deputado Nicolau Júnior (PP), fez um pronunciamento em que destacou a importância do Poder Legislativo como guardião da democracia.

“Foram 511 dias sem realizar uma sessão ordinária neste plenário, que representa o coração deste poder e a alma da democracia. Mesmo com as dificuldades impostas pela pandemia, o trabalho de forma virtual possibilitou o bom desempenho na aprovação de leis, com objetivo de tornar mínimos os efeitos da crise sanitária e econômica no nosso estado. Trabalhamos intensamente e votamos mais de 400 proposições. Assim ficou claro o comprometimento dos nossos deputados com a população acreana”, enfatizou Nicolau.

O presidente ainda destacou que as sessões presenciais aproximarão ainda mais a população dos parlamentares. “O nosso modelo virtual teve um ótimo desempenho. Mas com as sessões presenciais estaremos mais próximos da população. Assim poderemos detectar os problemas do estado e fazer as conexões com o governo do Estado, para juntos encontrarmos as soluções. Só retornamos presencialmente porque a pandemia está diminuindo e o Executivo baixou um decreto determinando que as instituições podem funcionar com 80% da sua capacidade. Sempre com todos os cuidados protocolares, acreditamos que, em breve, a vida voltará ao normal no Acre”, salientou.

O líder do governo na Aleac, deputado Pedro Longo (PV), também ressaltou a importância do retorno dos trabalhos legislativos presenciais. “No plenário, os debates são mais intensos presencialmente. Estamos aqui para divulgar o desempenho do nosso governo. Estamos numa nova etapa com obras, contratações e geração de empregos por parte da gestão estadual. Então estamos felizes com a oportunidade de debater frente a frente com a oposição, sempre trazendo boas notícias para a população acreana”, ponderou.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest