Museu Itinerante acende espírito dos Jogos Olímpicos em Rio Branco

(Foto: Angela Peres/Secom)
Museu Itinerante ficará em Rio Branco até o sábado, 3, das 11 às 20 horas (Foto: Angela Peres/Secom)

Deixar o espírito dos Jogos Olímpicos Rio 2016 em diversas cidades do país. Este é o objetivo do Museu Itinerante Se Prepara Brasil, que chegou ao Acre nesta sexta-feira, 3, e fica aberto ao púbico até sábado, 4, das 11 às 20 horas, na Praça da Revolução.

O espaço dispõe de peças que resgatam a história dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, divididos em cinco sessões: história, esportes, história brasileira, curiosidades e Rio 2016.

Ao todo, são mais de 100 peças, que vieram direto dos acervos do Comitê Olímpico Internacional (COI), Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e Comitê dos Jogos Rio 2016.

(Angela Peres/Secom)
Ex-jogador de esgrima Dario Marcondes foi ao local e relembrou as Olimpíadas de que já participou (Angela Peres/Secom)

O ex-jogador de esgrima Dario Marcondes de Amaral, de 84 anos, visitou o local e não escondeu a emoção de rever imagens de jogos a que assistiu pessoalmente.

Ao ver a foto do atleta Adhemar Ferreira, atleta que bateu o recorde mundial no salto triplo, contou: “Eu estava lá quando ele conseguiu marcar seu nome da história dos jogos. É uma honra rever esta fotografia e lembrar que pude ver tudo isso com meus próprios olhos”.

Amaral ainda conta que representou o Brasil duas vezes nos Jogos Olímpicos, sendo a primeira no ano de 1952, em Helsinque, na Finlândia, e a segunda vez na Cidade do México, em 1968.

Por sua carreira memorável, o ex-jogador de esgrima foi um dos escolhidos para carregar a Tocha Olímpica em Rio Branco, no dia 21 deste mês.

“Estou ansioso e orgulhoso por poder conduzir a chama aqui na minha cidade. Eu costumava dizer que faltava alguma coisa para finalizar minha carreira, e agora, com esse convite, posso dizer que encerrarei com chave de ouro”, diz.