Moradores da Cidade do Povo recebem diversas atividades no Dia de Cooperar

As ações tiveram como foco o atendimento da criança (Foto: Alexandre Noronha/Secom)

Atendimentos médicos, cortes de cabelo e recreação fizeram parte do Dia de Cooperar, realizado neste sábado, 1, na Cidade do Povo. A ação é promovida pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), com suas unidades estaduais, e tem como objetivo integrar ações voluntárias de colabores, familiares e cooperados, em um movimento de solidariedade cooperativista.

De acordo com o superintendente da OCB no Acre, Emerson Gomes, a iniciativa é realizada em todo o dia 1º de julho, em diversos países do mundo. “São atividades voltadas para diversos públicos, mas neste ano, priorizamos o atendimento das crianças. A ideia é que a ação seja realizada anualmente em comunidades mais carentes, por isso, pelo segundo ano consecutivo, estamos aqui na Cidade do Povo”, diz.

Segundo a coordenadora da Secretaria Estadual de Habitação (Sejab), Maria José Rodrigues, o órgão ajudou na articulação junto aos moradores para que eles participassem do evento. “Além disso, ajudamos também com as inscrições nas cinco oficinas que foram realizadas ao longo da semana, nas áreas de embelezamento, assessoria jurídica, reaproveitamento de alimentos e resíduos sólidos, entre outros”, destaca.

Grupo de voluntários e cooperados junto aos moradores da Cidade do Povo (Foto: Alexandre Noronha/Secom)

Os beneficiados

A dona de casa Arlete da Silva decidiu aproveitar a oportunidade e levar o filho Wirllenei da Silva, de 3 anos, para cortar o cabelo e fazer consulta com um dos 10 pediatras que estavam atendendo no local.

“Acho muito interessante ter essas iniciativas aqui tão perto da gente, e o melhor: de graça. Eu soube que teria essa atividade aqui porque as professoras me avisaram lá na creche que ele frequenta, e então decidi passar aqui e fazer tudo o que eu poderia”, relata.

Mas as beneficiadas não foram só as crianças. O agente de portaria, Edivar Nascimento, também foi ao local buscando um teste rápido de diabetes e HIV. “Eu tenho diabetes, e decidi passar aqui para conferir se ela está alta ou baixa. Aproveitei também para verificar como anda o resto da minha saúde”, conta.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest