Acre em construção

Mais de 70 obras públicas transformam a vida de milhares de pessoas em todo o Acre

O final do ano está chegando e o ditado “ano novo, vida nova” ensaia voltar ao vocabulário acreano. E com ele, 72 obras públicas do governo do Acre chegam para completar a frase. Entre elas, a nova da Sede da Colônia de Pescadores de Rio Branco.

Sede da Colônia de Pescadores deve ser entregue no primeiro trimestre de 2024, em Rio Branco. Foto: Danna Anute/Secom

“É um sonho realizado. Pode parecer pouco, mas para nós, é muito”, disse Maria Lenis, presidente da Colônia de Pescadores na capital.

Obras públicas: um novo momento no Acre

Da construção de unidades representativas em espaço urbano, às unidades de saúde no interior do estado, o governo do Acre ampliou os investimentos em obras públicas, em 2023, para melhorar a vida da população, no campo e na cidade.

No bairro Cadeia Velha, onde fica a Sede da Casa do Pescador, na capital, por exemplo, a edificação beneficia não só população pesqueira e consumidora, mas trabalhadores da construção civil como o encarregado de obras, Edcarlos Santos. “Já participei de muitas obras públicas. E, para mim, é muito bom estar em mais uma”, revelou o profissional.

Encarregado das obras da Colônia de Pescadores, Edcarlos Santos, atua há 17 anos na mesma equipe. Foto: Danna Anute/Secom

De igual modo, o fiscal da edificação e engenheiro civil da Secretaria de Estado de Obras Públicas (Seop), Luiz Ferraro, viu grandes obras saírem do papel. Contudo, o fiscal reconhece a importância das estruturas menores, como a Colônia de Pescadores, mas que possuem grande significado no dia a dia da população.

“O prédio vai ficar muito legal para os pescadores porque tem muita gente que vive do rio. É uma obra muito importante para o Estado, e gera emprego e renda para a população. É gratificante ter essa obra no currículo”, detalhou Luiz.

Presidente da Colônia de Pescadores de Rio Branco, Maria Lenis, e fiscal e engenheiro, Luiz Ferraro. Foto: Danna Anute/Secom

Quando pronta, a nova sede da Colônia de Pescadores deve beneficiar mais de mil trabalhadores da pesca. “Vamos ter condições de receber mais associados, reimplantar a máquina de gelo e a câmara fria, e organizar o projeto da feira livre do pescado”, lembrou a presidente da associação.

Investimento e avanço

O setor de obras públicas foi um dos que mais cresceu no estado do Acre, em 2023. São 72 obras com quase R$170 milhões de recursos investidos em edificações nas regionais do Juruá, Purus, Tarauacá Envira, Baixo e Alto Acre.

Governador Gladson Cameli assina ordem de serviço para início das obras da orla de contenção do rio, em Brasileia. Foto: Pedro Devani/Secom

Em termos exatos, são R$168.268.577,65 milhões de investimentos em edificações que contribuem para novos postos de trabalho, um dos objetivos do Estado na Agenda Acre 10 anos.

Kauê aprendeu com os tios a trabalhar na construção civil. Foto: Danna Anute/Secom

Exemplo de como funciona o processo, o jovem Kauê Santos, de 18 anos, está entre os recém contratados para ajudar na fase de acabamentos da Colônia de Pescadores. “Comecei na empresa há dois meses. Aprendi a trabalhar na construção com os meus tios e hoje estou aqui”, disse o rapaz que mantém os estudos no período da noite.

Trabalho para cuidar das pessoas

Com o objetivo de trabalhar para cuidar das pessoas, o governador Gladson Cameli assinou em novembro a ordem de serviço da orla de contenção do rio, em Brasileia, e do completo viário entre as avenidas Getúlio Vargas e Ceará, na capital.  As obras são históricas para o estado e devem garantir qualidade no dia a dia do cidadão acreano.

Complexo Viário entre as avenidas Ceará e Getúlio Vargas, em Rio Branco. Foto: Ilustração/Seop

Como forma de ampliar as ações de infraestrutura, edificações como da Orla do bairro 15, o Novo Mercado Velho, e da Nova Maternidade de Rio Branco também já estão em andamento.

Canteiro de obras da nova Maternidade, no segundo distrito de Rio Branco. Foto: Pedro Devani/Secom

No interior, além da unidade mista de saúde da Vila Santa Luzia e a Casa da Mulher Brasileira, em Cruzeiro do Sul, o governo do Estado também investe na infraestrutura do Hospital João Câncio Fernandes, em Sena Madureira.

Hospital João Câncio Fernandes, em Sena Madureira. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Acessibilidade e transparência

Com a tendência de crescimento no setor, o governador Gladson Cameli determinou que as obras públicas fossem licitadas mais próximas do seu local de execução. E, para facilitar o processo, a Seop disponibilizou um espaço de licitações, no site seop.ac.gov.br.

Dessa forma, a ação garante transparência e amplia o acesso das empresas interessadas em participar das licitações para ações de infraestrutura.

Operadores de máquinas pesadas atuam em obras no Acre. Foto: Pedro Devani/Secom

“Já iniciamos, em Cruzeiro do Sul, os processos licitatórios para todo o Juruá, permitindo uma contratação mais direta das pessoas que vão executar o benefício”, destacou o gestor da Seop, Ítalo Lopes.

Ano novo, novas obras

Com grandes ações ao longo do ano, o secretário de Obras Públicas refletiu sobre as importantes realizações da Seop no segundo semestre de 2023, e prevê o aumento das atividades do setor no ano que se aproxima.

Melhorar a vida das pessoas é uma das prioridades do Estado, lembrou Ítalo Lopes. Foto: José Caminha/Secom

“Finalizamos um ano com instrução de vários processos que vão permitir que 2024 seja um ano de aumento na quantidade de obras e em investimentos, trazendo sempre mais qualidade de vida para os acreanos em todo o estado”, concluiu o gestor da Seop, Ítalo Lopes.