Mães chefes de família são maioria na Cidade do Povo

Das 3003 casas entregues na Cidade do Povo 90% são em nome de mulheres (Foto: Angela Peres/Secom)
Das 3.003 casas entregues na Cidade do Povo, 90% são em nome de mulheres (Foto: Angela Peres/Secom)

Elas são prioridades nos programas de habitação social. Mães, chefes de família que sozinhas garantem o sustento, a educação e o bem-estar dos seus maiores tesouros: os filhos.

Segundo a Secretaria de Estado de Habitação de Interesse Social (Sehab), das 3.003 casas entregues até hoje no empreendimento Cidade do Povo, em Rio Branco, 90% estão em nome de mulheres.

A estatística se confirma ao caminhar pelo bairro – a cena comum é de mães com os filhos nas ruas, em casa, nos parques.

Juliane Tavares, de 32 anos, ex-moradora do bairro Seis de Agosto, foi beneficiada com uma unidade habitacional na Cidade do Povo há um ano e quatro meses. Sozinha, ela cuida das duas filhas, Maria Eduarda, 9, e Gabriela de 7 anos de idade.

Juliane mora com suas duas filhas há um ano e quatro meses na Cidade do Povo (Foto: Ludmilla Santos)
Juliane mora com as duas filhas há um ano e quatro meses na Cidade do Povo (Foto: Ludmilla Santos)

As dificuldades já foram maiores, relata. “Desde que mudei para a Cidade do Povo, minha vida mudou para melhor, porque aqui tem tudo de que minhas filhas precisam. Elas estudam na mesma escola, e isso facilita muito para mim na hora de cuidar delas.”

No novo endereço veio também um emprego – após passar cinco meses fazendo faxina e vendendo lanche na frente de casa, ela conseguiu uma vaga de auxiliar de cozinha na Escola de Ensino Fundamental Padre Frei Heitor Maria Turrini, na Cidade do Povo.

Sobre o ofício de ser mãe, solteira e responsável pelo sustento da família, ela diz ser um presente. “Sou a referência delas, trabalho com orgulho para dar o melhor para as duas. A casa elas já têm”, finaliza.