Idaf fiscaliza agroindústrias e produtos de origem animal

Idaf realiza fiscalização contínua em produtos de origem animal (Foto: Arison Jardim/Secom)
Idaf realiza fiscalização contínua em produtos de origem animal (Foto: Arison Jardim/Secom)

Em todo o estado, equipes do Instituto de Defesa Animal e Florestal (Idaf) inspecionam o abate de animais e a produção de embutidos, ovos e laticínios. Só no Alto Acre são mais de seis empreendimentos que processam produtos de origem animal – comida que sai da zona rural, passa pela indústria e segue até os mercados, supermercados e restaurantes.

Inaugurada em junho do ano passado, a indústria da Cooperativa de Produtores de Leite do Alto Acre (Coplac), em Brasileia (220 quilômetros de Rio Branco), processa 1.500 litros de leite por dia. A agente de inspeção Soraia Aguiar, responsável pela fiscalização em Xapuri, Brasileia e Epitaciolândia, observa a qualidade, as possíveis doenças e o ambiente de trabalho, dando o aval para a cooperativa comercializar o leite pasteurizado, queijo e manteiga, gerando emprego para nove funcionários e os 20 cooperados.

O gerente de Inspeção de Produtos de Origem Animal do Idaf, André Teixeira, explica a importância do diálogo com as empresas: “Todos queremos um produto de qualidade e orientamos cada empreendimento sobre as regras a seguir. Com o Serviço Estadual de Inspeção [SEI], garantimos que o produto esteja dentro da legislação sanitária e condições higiênicas.”

As visitas aos estabelecimentos ocorrem sem data nem hora marcadas. Andando pelas salas de uma indústria de embutidos, a vistoria observa a produção dos mais de 50 produtos, entre salsicha, apresuntado, linguiça e outros derivados de suíno e frango. Teixeira observa que as orientações passadas continuam sendo seguidas, garantindo a segurança alimentar e do ambiente de trabalho.

Últimas notícias

Saúde 03/06/2020 - 12h16min

Nota Pública

enfrentamento da pandemia 03/06/2020 - 10h27min

Governo do Estado decreta ponto facultativo no dia 5 de junho

Medidas contra Covid-19 em Assis Brasil 02/06/2020 - 11h03min

Nota Pública