prevenção

Huerb recebe desinfecção em áreas de maior fluxo

O Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb) recebeu nesta terça-feira, 19, higienização e desinfecção das áreas de maior fluxo de pessoas, como o Pronto-Socorro. Ambientes internos foram higienizados com solução de água sanitária diluída em água. As áreas externas receberam aplicação de solução à base de hipoclorito a 1%.  A medida tem como objetivo evitar o contágio pelo coronavírus, causador da Covid-19.

Áreas externas receberam aplicação de solução à base de hipoclorito a 1% Foto: Assessoria Depasa

A ação, realizada pelo Depasa em atendimento à solicitação da Secretaria de Saúde (Sesacre), Casa Civil e Vigilância Sanitária, soma-se às ações internas de higienização e prevenção já adotadas pelo hospital. “A iniciativa do Depasa nos ajuda muito porque nos permite fazer a divisão de atendimento a pacientes com Covid e sem Covid, com muito mais segurança, e manter o ambiente de acesso corrente sempre limpo e livre da descontaminação”, explica o diretor do Huerb, Michael Ribeiro Paes.

Por causa da pandemia, a unidade, que é referência em atendimento de urgência e emergência de alta complexidade, foi adequada para receber pacientes com suspeita ou acometidos pela Covid-19. Com a instalação de novos leitos de UTI e enfermarias no Into, pacientes em estado crítico são transferidos para o Into, mas o PS continua funcionando como unidade de apoio para o atendimento a pacientes com Covid-19. Com o ambiente devidamente adequado, pacientes tanto com suspeita ou confirmados, ficam separados dos demais pacientes.

Medida preventiva ajuda manter ambientes livres de contaminação Foto: Assessoria Depasa.

A desinfecção de espaços públicos integra o conjunto de medidas adotadas pelo Governo do Acre para conter o avanço da Covid-19 no estado. Desde o início da operação, a ação já alcançou mais de 200 locais na capital e interior do estado. A ação tem como foco a desinfecção de espaços por onde circulam grande número de pessoas, principalmente áreas externas e internas de unidades de saúde, praças, ruas, avenidas e áreas comerciais.

“É um trabalho importante devido ao aumento considerável de pessoas infectadas pelo coronavírus. Por isso, fazemos a desinfecção de todos locais onde as pessoas precisam trabalhar ou realizar alguma atividade. Essa ação é um pedido do governador Gladson Cameli que o Depasa executa com muito boa vontade, para que realmente a gente possa ter a condição sanitária adequada para que o vírus não contamine mais pessoas”, destacou o diretor-presidente do Depasa, engenheiro Tião Fonseca.

Na tarde terça-feira,19, em coletiva de imprensa on-line, o secretário de Estado de Saúde, Alysson Bestene, e o chefe da Casa Civil, Ribamar Batista, naquele momento representando o governador Gladson Cameli, detalharam  as medidas de enfrentamento à pandemia e reiteraram  a necessidade de manter a medidas de restrição, pelo menos até o início de junho, quando há possibilidade  de redução no número de casos de infecção pelo coronavírus.

Últimas notícias

Saúde 03/06/2020 - 12h16min

Nota Pública

enfrentamento da pandemia 03/06/2020 - 10h27min

Governo do Estado decreta ponto facultativo no dia 5 de junho

Medidas contra Covid-19 em Assis Brasil 02/06/2020 - 11h03min

Nota Pública