Hemoacre comemora com festa o Dia Nacional do Doador de Sangue

Centro de Hemoterapia mantém-se aberto às doações. Qualidade da coleta é garantida por triagem rigorosa

doacao_de_sangue_220808_1.jpg

A média mensal de coleta de sangue em Rio Branco é de 700 bolsas. Hemoacre considera que doação precisa aumentar (Foto: Angela Peres/Secom)

O Governo do Estado, por meio do Centro de Hemoterapia do Acre (Hemoacre), presta na próxima terça-feira, 25, uma homenagem aos doadores de sangue em comemoração ao Dia Nacional do Doador de Sangue. Em Rio Branco são mais de 5 mil homens e mulheres que se fidelizaram como doadores ao longo dos anos e por isso participarão de um pequeno coquetel no hall de atendimento do Hemoacre.

Ao mesmo tempo, a homenagem busca chamar a atenção da população para o ato de doar sangue. "É uma data que por causa de sua importância deveria ser sempre lembrada", disse Marliza de Carvalho Souza, biomédica com especialização em hemoterapia, atual diretora do Hemoacre.

A qualidade do sangue coletado é assegurada em função do rigor na triagem. A média mensal de coleta no Hemoacre é de 700 bolsas. Em outubro o número subiu para 960 bolsas por causa da campanha por doadores veiculada na mídia local.  

A produção deve cair em novembro, mas o Hemoacre busca manter os números de outubro visando assegurar abastecimento integral às unidades hospitalares, uma vez que demanda cresce no período. Assim, o Hemoacre segue convocando as pessoas a doarem sangue, um ato de amor ao próximo.