Grupo de teatro Arte na Ruína, de Xapuri, terá sua história contada no Revelando os Brasis

Das 712 inscrições, grupo xapuriense está entre os quarenta escolhidos

A história do grupo teatral Arte na Ruína, de Xapuri, foi uma das quarenta escolhidas para participar do Revelando os Brasis. Os autores participaram de um curso de formação e realização audiovisual entre os dias 24 de junho e 5 de julho, no Rio de Janeiro.

Depois do curso, os selecionados retornaram a suas cidades para transformar as histórias em vídeo com até 15 minutos de duração. Nessa fase, eles contarão com o apoio de uma produtora regional que irá providenciar os equipamentos de câmera e de som digitais.

Quem representou o grupo de teatro xapuriense foi o artista plástico Wagner San. Ele relata que a capacitação foi muito produtiva e essencial para que o grupo possa preparar um bom documentário.

Revelando os Brasis é realizado pelo Instituto Marlin Azul e pela Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura, com patrocínio da Petrobras e parceria do Canal Futura, que viabiliza a produção de vídeos digitais a partir de histórias escritas por autores residentes em municípios com até 20 mil habitantes.

Wagner San acrescenta que a idéia de participar do Revelando os Brasis surgiu da necessidade de resgatar um pouco mais da cultura xapuriense e da história do grupo.

Para chegar à lista de 40 autores selecionados, a comissão de seleção leu e avaliou 671 histórias escritas por pessoas de todas as regiões do país. Ao todo, o projeto recebeu 712 inscrições, mas foram desclassificados os candidatos abaixo de 18 anos de idade e os moradores de municípios acima de 20 mil habitantes.

Nas duas primeiras edições do projeto, entre 2004 e 2006, foram produzidas 80 obras, entre ficção e documentários. Os vídeos realizados pelo projeto são apresentados em suas comunidades por meio do circuito nacional de exibição do Revelando os Brasis, que leva uma tela de cinema para os municípios.

As produções também são exibidas no programa de TV que vai ao ar pelo Canal Futura. A partir de 2009, os vídeos do projeto também serão lançados em DVD, com distribuição gratuita entre organizações sociais e culturais, bibliotecas, universidades e cineclubes de todo o Brasil.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest