Governo promove três oficiais da PM

Critérios aplicados foram de "extremo rigor" e valorizam a lealdade, disciplina e capacidade operacional

promoo_de_oficiais_foto_sergio_vale_2.jpg

Governador Binho Marques cumprimenta oficiais promovidos (Foto: Sérgio Vale/Secom)

O governador Binho Marques assinou nesta terça-feira, três decretos promovendo oficiais da Polícia Militar. Os critérios para definição da lista de promovidos, lembrou Marques, foram de "rigor extremo" quanto à lealdade, capacidade técnica e disciplina. O tenente-coronel Amarildo Martins Camargo, responsável pelo policiamento ostensivo de Brasileia, foi promovido a coronel; a major Maria Lúcia Vitoriano Ugalde, comandante do 1º Batalhão de Rio Branco, agora é tenente-coronel; e o capitão Luiz Gonzaga Nunes Calixto, comandante do batalhão de Tarauacá, foi elevado ao posto de major.

"Toda promoção é um momento de alegria e honra para nós. São momentos que não podem acontecer de qualquer maneira", disse o governador durante cerimônia que reuniu em seu Gabinete militares e familiares dos promovidos. "E toda promoção tem a ver com o caminho que segue a corporação, no sentido da lealdade, disciplina e capacidade técnica", completou Marques.

De acordo com o comandante-geral da PM, Romário Célio, as promoções atendem ao quadro operacional da corporação e irão ampliar a capacidade operacional do sistema de segurança pública do Acre. "Era uma necessidade da corporação", disse Célio. "Vocês alcançaram esses postos pelos bons serviços prestados", completou a secretária de Segurança, Márcia Regina.

O coronel Amarildo representou os promovidos. "O mérito muitas vezes não é nosso mas dos nossos comandados porque é com eles que cumprimos nossas missões", disse Amarildo. O governador anuncia em breve novas medidas para a PM, as quais, informou ele, serão reforço para a política de segurança no Estado. Marques encerrou a cerimônia parabenizando os familiares dos militares.