etapa preparatória

Governo participa da 12ª Conferência Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Governo (Segov), participou da 12ª Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente nesta quarta-feira, 29, realizada no Teatro da Universidade Federal do Acre (Ufac), seguindo o tema “A situação dos direitos humanos de crianças e adolescentes em tempos de pandemia de covid-19, violações e vulnerabilidades, ações necessárias para reparação e garantia de políticas de proteção integral, com respeito à diversidade”.

A presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, Sarah Farhat, iniciou o evento destacando a importância do encontro. “É sempre muito gratificante participar de conferências como esta. Já estamos com 33 anos de Estatuto da Criança e do Adolescente Estamos [ECA], mas ainda temos muito o que melhorar. Por isso é importante estarmos em constante debate para a construção de novas pontes”, observou.

Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente foi realizada no Teatro Universitário da Ufac. Foto: Karolini Oliveira/Secom

O secretário de Estado de Governo, Alysson Bestene, representou o governador Gladson Cameli e reafirmou a necessidade de pensar no momento atual, mas olhando para o futuro, protegendo as crianças das consequências da pobreza e da fome e garantindo acesso à saúde e ensino de qualidade, com opções de lazer, cultura e diversão.

Alysson lembrou também que o tema da atual conferência é fundamental, pois as sequelas da pandemia de covid-19 ainda estão presentes na sociedade. “Estive à frente da Secretaria de Saúde durante a pandemia e as consequências sentimos até hoje, tanto no ambiente doméstico como nos locais onde frequentamos”, relatou Alysson.

Secretário de Governo, Alysson Bestene, representou governador Gladson Cameli na 12ª Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente. Foto: Anderson Oliveira/Secom

Já a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Maria Zilmar Rocha, disse que organizar as conferências municipais foi o seu maior desafio e agradeceu a contribuição das prefeituras, que garantiram o sucesso desta conferência estadual, que vai subsidiar a conferência nacional.

A desembargadora Waldirene Cordeiro, coordenadora da Infância e da Juventude do Tribunal de Justiça do Acre e secretária nacional do Colégio de Coordenadores da Infância e Juventude, também participou do encontro. Ela destacou a importância da parceria entre o Judiciário e o Executivo, seja estadual ou municipal, que são quem concretiza as políticas públicas para todos.

A ação tem o objetivo de debater assuntos ligados a crianças e adolescentes. Foto: Anderson Oliveira/Secom

Também estiveram presentes a defensora Juliana Caobianco, representando a Defensoria Pública do Estado; a diretora de Direitos Humanos da SEASDH, Joelma Pontes; Josimar Santos, vice-reitor da Ufac; membros do Instituto Socioeducativo (ISE) e Associação de Conselheiros e Ex-Conselheiros Tutelares do Estado do Acre (Ascontac).

A conferência está sendo realizada nos dias 29 e 30 de novembro. Foto: Anderson Oliveira/Secom

A conferência é uma realização do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), em parceria com o Ministério Público, Ufac, Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca) e governo do Estado, e está sendo realizada nos dias 29 de 30 de novembro, no Teatro Universitário da Ufac, em Rio Branco.