Formação Superior

Governo e Ufac formam professores pelo Parfor em Cruzeiro do Sul

A parceria do governo do Estado com a Universidade Federal do Acre (Ufac) na área de educação superior tem gerado bons resultados. Na última semana, mais três turmas de professores se formaram por meio do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor).

Os 75 formandos são do campus da Ufac de Cruzeiro do Sul e se formaram nos cursos de Ciências Biológicas, Letras Português e Geografia. A formatura conjunta foi realizada no Teatro Moa, da instituição, dia 16 de maio.

Durante a solenidade, que contou com a presença de representantes da Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE) e da Ufac, os licenciados agradeceram a união dos órgãos para ofertar as graduações para professores da rede pública de ensino.

“Programas como o Parfor vêm para melhorar a condição de vida dos trabalhadores, porque todos nós que estamos formando hoje antes já éramos professores. No meu caso, eu era professor, mas só tinha o ensino médio, e esse curso veio para me capacitar e melhorar minha vida”, destaca o formando de Letras Auricélio Oliveira.

Formatura das turmas de Cruzeiro do Sul ocorreu no Teatro Moa da Ufac (Foto: Mágila Campos)

Oliveira lembra que isso só foi possível porque os poderes públicos deixaram as diferenças de lado e se uniram para possibilitar que os profissionais de diferentes áreas pudessem cursar um nível superior.

A colação conjunta foi na noite do último dia 16. Emocionada, a graduada em Geografia Valterlene Costa, de Mâncio Lima, conta que estava realizando o sonho de uma vida. “Sempre sonhei em cursar geografia, e graças ao programa consegui. Agora vou poder trabalhar na minha área e melhorar a educação do meu município”, conta.

Parfor

O Parfor é uma política de Estado que prioriza a formação dos professores das escolas públicas do Acre. É resultado da parceria firmada entre o governo acreano, por meio da SEE, com a Ufac.

Cleide Prudêncio, diretora de inovação da SEE, lembrou que o Parfor faz parte de um amplo programa de formação de docentes fomentado pelo governo do Estado e que contempla 10 dos 22 municípios.

Auricélio Oliveira é um dos formandos de Letras (Foto: Mágila Campos)

“O Parfor é, antes de tudo, um programa de inclusão social, porque muitos desses professores são da zona rural e tiveram no programa a oportunidade de adquirir a formação em nível superior em suas áreas de interesse”, diz.

Enock Pessoa, reitor em exercício da Ufac, falou da importância de iniciativas como essa para a formação de docentes que lecionam nos lugares mais afastados da região. “Se a Ufac e o governo do Estado não tivessem chegado a essas pessoas, elas estariam excluídas e possivelmente não teriam a oportunidade de fazer uma graduação”, ressalta.

Hoje, o Acre tem mais de 1.250 acadêmicos distribuídos nos cinco cursos oferecidos: Pedagogia, Letras, Ciências Biológicas, Geografia e História. Este ano, além de Cruzeiro do Sul, já houve formaturas em Tarauacá e Epitaciolândia.

Até o fim de julho deste ano, vão colar grau turmas de Feijó, Santa Rosa, Marechal Thaumaturgo, Jordão, Sena Madureira e Rio Branco.