O governo do Acre, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (Deracre), em parceria com a Prefeitura de Feijó, tem trabalhado nesta terça-feira, 12, em melhorias de acesso para 420 moradores de 15 aldeias indígenas, no município.

Deracre tem levado melhorias para estradas vicinais. Foto: Jorge Luís Silva/Deracre

De acordo com o representante regional do Deracre, Jorge Luís Silva, em três semanas de trabalho, foram contempladas com serviços as aldeias: Morada Nova, Shanehur, Nova Vida, Paredão, Pupunha, São Francisco, Belo Monte, Nova Aliança, Novo Lugar, Boa União, Novo Natal, Shanabana e Paroa Central.

“Estamos contemplando aqui 15 aldeias indígenas e atendendo a uma média de 420 moradores. É o governo do estado do Acre presente. É o compromisso do nosso governador, Gladson Cameli, de atender essas famílias, para que possam escoar sua produção, para que recebam os benefícios de programas sociais do governo. Seguimos avançando com os trabalhos aqui nas terras indígenas”, afirmou.

Jorge Luís Silva tem acompanhado de perto a execução dos serviços. Foto: Jorge Luís Silva/Deracre

As equipes executaram melhorias em mais de 20 km nas terras indígenas. As máquinas avançam nas aldeias Novo Paraíso e Novo Destino, com os serviços de limpeza, retirada de pontos críticos, drenagem, raspagem, nivelamento, aterros e saídas d’água.

Para o cacique Júlio Barbosa, da terra indígena Kaxinawá, as melhorias executadas nas estradas vicinais refletem em mais acessibilidade para os moradores das aldeias.

“Queremos agradecer ao Deracre, representado pelo Jorge Luís, ao Tony Roque e ao governador Gladson Cameli, que não têm medido esforços para melhorar nossos ramais, e esperamos que avancem mais com os serviços. Todos estão bem felizes com os trabalhos”, afirmou.

O trabalho nos ramais é contínuo, e a iniciativa representa um compromisso do governador Gladson Cameli, de levar melhorias de acesso para os povos indígenas e em fortalecer a infraestrutura na região. O Deracre segue com obras em todo o estado.