SEGUNDO DIA

Governo e MP seguem com atendimentos voltados para pessoas com transtorno do espectro autista

Unindo forças para a inclusão e a garantia de direitos de pessoas com transtorno do espectro autista (TEA), o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), em parceria com o Ministério Público do Acre (MPAC), segue com os atendimentos no Via Verde Shopping, em Rio Branco, em uma ação com diversos serviços voltados para esse público, como parte do projeto TEA – Eles Não Estão Sós. Os atendimentos começaram na segunda, 19, e seguem até esta terça-feira, 20, das 17h às 21h.  

Ação acontece no espaço da Faculdade Unama, no Via Verde Shopping, em Rio Branco, das 17h às 21h. Foto: Luan Martins/Sesacre

Dentre as atividades estão a emissão da Carteira Estadual da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (e-Ceptea), da carteira de identidade, realizada pelo Instituto de Identificação da Polícia Civil do Acre (PCAC), e o preenchimento do Formulário do Diagnóstico de Quantitativo de Pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). No primeiro dia, 50 pessoas conseguiram emitir a e-Ceptea.

“É uma ação importante e a divulgação desse trabalho é essencial para a causa. Nós estamos abrindo um ponto de emissão dessa carteira [e-Ceptea], também, na Oca Rio Branco. Então, trazer isso para o shopping e ver que as pessoas estão procurando o serviço é gratificante”, disse a secretária adjunta de Atenção à Saúde da Sesacre, Ana Cristina Moraes.

A ação é uma iniciativa do Ministério Público do Acre, em parceria com o governo do Estado. Foto: Luan Martins/Sesacre

De acordo com a coordenadora estadual da Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência da Sesacre, Soron Steiner, a ação vem para fortalecer o cadastramento de pessoas com TEA. “Por consequência, a partir desses quantitativos, teremos o desenvolvimento de políticas públicas em saúde mais assertivas para essa população”, reforçou.

Elissandra Lima ficou sabendo da ação pelas redes sociais e aproveitou para levar a filha de 18 anos para tirar a e-Ceptea. “Descobrimos o autismo dela já na adolescência, e por isso não tivemos acesso a alguns direitos que ela tem. Essa ação é muito importante, porque tem muitas coisas que eu não sabia sobre o autismo e, com isso, esperamos que ela tenha mais acesso a outros serviços”, falou.

Para Elissandra Lima a carteira do TEA vai ajudar no acesso aos direitos da filha. Foto: Luan Martins/Sesacre

A ação será realizada, ainda, nesta terça-feira, 20, no espaço da Faculdade Unama, no Via Verde Shopping, em Rio Branco, das 17h às 21h. Para o atendimento são necessários os documentos como certidão de nascimento, CPF, comprovante de endereço e laudo médico.

TEA – Eles Não Estão Sós

Promovido pelo Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), o projeto TEA – Eles Não Estão Sós tem por objetivo realizar um diagnóstico para identificar e conhecer o nível de implementação de políticas de saúde, de educação e de assistência social voltadas para pessoas com o transtorno do espectro autista em todo o estado.

Atendimentos ocorrem ainda nesta terça-feira, 20. Foto: Luan Martins/Sesacre

O promotor de Justiça do MPAC, Ocimar Sales Júnior, destacou relevância da inciativa para a população acreana. “É um momento em que esperamos que as famílias realizem esse cadastro, pois precisamos levantar a real demanda para que possamos, em conjunto, no futuro, atender essas pessoas de uma forma mais efetiva ainda. E esse formulário se propõem a isso, um contato mais próximo com essas famílias”, enfatizou.