negócios

Governo e Aleac definem plano de trabalho para continuidade de ações de fortalecimento do Corredor Interoceânico e do Comércio Exterior

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict), da Agência de Negócios do Acre (Anac) e da Secretaria de Estado de Agricultura (Seagri), aprovou, com o apoio da Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac), um plano estratégico que visa a continuidade das ações de fortalecimento do Corredor Interoceânico e do Comércio Exterior.

Um encontro de trabalho foi feito na manhã desta sexta-feira, dia 23, na sala de reuniões da Aleac com a participação do presidente do Poder Legislativo, deputado Luiz Gonzaga.

Encontro na sala da Aleac debateu prioridades para fortalecer o Corredor Interoceânico e o Comércio Exterior. Foto: Clemerson Ribeiro/Anac

Os trabalhos, coordenados pelo titular da Seict, Assurbanipal Mesquita, foram ordenados para a execução de iniciativas concretas em três eixos: a melhoria do ambiente de negócios; atração de investimentos e promoção das exportações; e acompanhamento de medidas regulatórias e tributárias.

“O Corredor Interoceânico conecta em todos os sentidos essa região que compreende Acre, Rondônia, Mato Grosso, Peru e Bolívia. A ideia, com os resultados da agenda realizada em 2023, é fortalecer o volume de negócios, beneficiando o Acre, que está estrategicamente localizado nesse raio de desenvolvimento. Vamos, com o aval do governador Gladson Cameli, o apoio da Assembleia Legislativa e de nossa bancada federal, transformar esse ativo na geração de mais emprego e renda”, disse Assurbanipal Mesquita.

O titular da Seagri, José Luis Tchê, destacou que a inauguração do Porto de Chancay – prevista para novembro deste ano – vai gerar mais oportunidades, exigindo ações concretas de produção. “A ZPE [Zona de Processamento de Exportação] precisa ser transformada em um centro de distribuição de mercadoria, sendo um polo logístico importante, uma oportunidade para o desenvolvimento do Acre que já exporta alimentos. Agora é importar insumos não somente para o estado, mas, para todo o Brasil”, analisou Tchê.

O titular da Seagri, Luis Tchê, destacou a importância da ZPE e a transformação dessa instituição em um Centro de Distribuição. Foto: Clemerson Ribeiro/Anac

Para o deputado Luiz Gonzaga, a união entre o Estado, o Parlamento e as federações tem oportunizado avanços na política de comércio exterior. Ele informou os resultados da última reunião junto ao Ministério de Portos e Aeroportos, com auxílio de senador Alan Rick, em Brasília.

“Até outubro os aeroportos de Rio Branco e Cruzeiro do Sul estarão habilitados para receber voos internacionais, uma das pautas dessa agenda de integração com os países vizinhos. Esse encontro nos apresentou um planejamento. Isso é fundamental para seguirmos avançando na resolução de demandas, aumentando o comércio bilateral”, disse Gonzaga.

A visita da ministra de Planejamento, Simone Tebet, ao Acre, em abril, é uma das agendas considerada prioritária na programação de comércio exterior. Seict, Anac, Seagri e o setor produtivo concordam, em seus diagnósticos, sobre a importância de fomentar a competitividade do setor de serviços para alavancar a participação do Acre no comércio internacional.

A Anac trabalha na elaboração de um portifólio de negócios e no plano de atração de investimentos. Foto: Clemerson Ribeiro/Anac

Entre os temas foi debatido também o encontro dos governadores do Acre e de Rondônia; a criação do Comitê Interoceânico; a criação de um observatório da inserção geoeconômica do estado; e o seminário sobre desafios e oportunidades para exportação. A Anac trabalha na elaboração de um portifólio de negócios e o plano de atração de investimentos, documentos que basearão a agenda de promoção de negócios internacionais.

O diretor da Secretaria de Estado de Governo, Marcos Clay Silva; o presidente da ZPE, Alan Silva de Lima; o chefe do Departamento de Relações Institucionais da Seict, Marcos Vinícius Oliveira de Morais; e o diretor de Ciência e Tecnologia da Seict, Ricardo Damasceno, participaram da reunião de trabalho.