Cooperação técnica irá ampliar ações pelo desenvolvimento econômico limpo, justo e sustentável  no contexto da Política de Valorização do Ativo Ambiental Florestal

convenio_com_embrapa_foto_sergio_vale_5.jpg

Binho Marques assina convênio com Embrapa Acre para investimentos nas pesquisas (Foto: Sérgio Vale/Secom)

O governador Binho Marques assinou nesta segunda-feira,8, termo de cooperação técnica com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) envolvendo projetos em 16 ações em capacitação em manejo florestal a partir do sistema Modemflora; qualificação de jovens extensionistas e empreendedores rurais;  apoio à regularização do passivo ambiental com fomento à criação de jardins clonais;  incentivo ao programa Pró-Calcário; formação de mudas de espécies frutíferas e de mandioca; e fortalecimento da Rede Virtual de Transferência de Tecnologia. Os objetivos estão no âmbito do Programa de Valorização do Ativo Ambiental Florestal e visam, em modo amplo, fortalecer a economia limpa, justa e sustentável.

Pelo acordo, a Embrapa irá ampliar sua parceria com as secretarias de Extrativismo e Produção Familiar (Seaprof);  de Florestas (SEF); Meio Ambiente (Sema); Agricultura e Pecuária  (Seap); Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac); Fundação de Tecnologia do Acre (Funtac) e Instituto de Educação Profissional Dom Moacyr.  "Este acordo irá sobremaneira fortalecer a economia do Acre", disse o governador. "A parceria com o Governo do Estado é antiga mas nunca houve uma sinergia tão forte", afirmou o pesquisador-chefe da Embrapa, Judson Valentim.