Foram dois dias de agendas intensas em Brasília, no início de maio. E após passar por 12 ministérios e outros órgãos como a Infraero, Funasa, Funai, Aneel, Bird, BNDES, Incra e Eletrobras, o governador Tião Viana, com seu esforço e credibilidade, assegurou mais de R$ 300 milhões para investimentos em diversas áreas no estado.

Além dos investimentos, o recuso inclui a liberação de empenhos e convênios. São R$ 230 milhões para as obras de recuperação da BR-364, além de R$ 7,8 milhões para o Pronatec, R$ 6 milhões para o programa de Erradicação do Analfabetismo e R$ 15 milhões para o sistema prisional. Quase R$ 5 milhões possibilitaram a retomada das obras de infraestrutura do PAC, no Parque Palheiral.

Mais de R$ 7 milhões em empenho foram liberados para a conclusão das obras na Avenida Marinho Monte, em Brasileia, e outro R$ 1,5 milhão para a retomada do programa “Água para Todos”.

O programa de infraestrutura de ramais em todo o estado tem R$ 15 milhões, e na área de produção, R$ 12 milhões foram liberados novamente para atender pequenos produtores de peixe.

Outros recursos foram viabilizados para pagamento de convênio e medições para a infraestrutura na Cidade do Povo, além da efetivação da doação do terreno por parte da Eletrobras para a construção do Centro Comercial em Brasileia, e encaminhamentos para a instauração da superintendência do Dnit no Acre.