saúde

Governadores dialogam com embaixador chinês sobre fornecimento de insumos para fabricação de vacinas

Representando o governador Gladson Cameli, o secretário de Estado de Saúde do Acre, Alysson Bestene, participou na manhã desta sexta-feira, 5, de uma audiência do Consórcio de Governadores com a Embaixada da China no Brasil. A reunião, que se deu em formato virtual, teve como objetivo apresentar a preocupação dos governadores quanto ao fornecimento internacional dos insumos para a produção de imunizantes contra a Covid-19 no Brasil.

Na ocasião, os governadores apresentaram as preocupações e particularidades dos estados e receberam informações do embaixador da China, Yang Wanming. Ele ressaltou que a China considera o Brasil um parceiro global e a parceria vai muito além de questões comerciais.

Alysson Bestene manifestou fé e esperança com a possibilidade da fabricação de cem milhões de doses no Brasil. Foto: Neto Lucena

O embaixador destacou que a China está disposta a continuar apoiando o Brasil no que diz respeito à produção de imunizantes. “As vacinas são a arma para conter a pandemia e garantir a saúde do povo”, afirmou.

O secretário de Saúde, Alysson Bestene, ressaltou que a preocupação do governo do Estado do Acre, assim como dos demais governadores, é com relação à matéria-prima para as vacinas no país, por meio do Instituto Butantan. “Tendo em vista que o Sinovac fabrica essas vacinas na China e é detentor da matéria-prima, o laboratório encaminhou para o Brasil uma garantia de que esses insumos, ao longo do ano, terão um cronograma de entrega”, afirmou.

Ainda de acordo com o secretário, com a garantia, o Brasil poderá fabricar em torno de 100 milhões de doses. “É uma notícia animadora que nos traz fé e esperança, pois vamos ter os imunizantes fabricados aqui pelo Instituto Butantan e, consequentemente, distribuídos para todos os estados brasileiros. Em especial, o Estado do Acre já tem essa cooperação com o Instituto. Inclusive, já encaminhamos ofício com interesse de adquirir doses por meio do Butantan para que possamos imunizar toda a população”, ressaltou.