comenda

Gladson Cameli é homenageado com o Prêmio Reconhecimento aos Valores e Personalidades 2021, da Polícia Federal

Com o objetivo de reconhecer, valorizar e prestar homenagens a autoridades e servidores de vários órgãos públicos que se destacaram pelos relevantes serviços prestados à Superintendência da Polícia Federal no Acre, a instituição promoveu, nesta sexta-feira, 3, o Prêmio Reconhecimento aos Valores e Personalidades 2021. Ao todo, 41 pessoas foram agraciadas com a comenda e certificado de honra ao mérito.

Governador Gladson Cameli foi um dos agraciados com o Prêmio Reconhecimento aos Valores e Personalidades 2021, da Polícia Federal Foto: Diego Gurgel/Secom

O governador do Acre, Gladson Cameli, foi um dos principais homenageados e ocupou posição de honra durante cerimônia realizada no auditório da sede da Polícia Federal, em Rio Branco. O chefe do Poder Executivo parabenizou o ineditismo da iniciativa e aproveitou o seu discurso para enaltecer o trabalho da instituição no permanente enfrentamento ao crime no estado, assim como a brilhante relação de respeito construída junto à sociedade.

“Todos sabem que a Polícia Federal é uma das instituições mais respeitadas e admiradas pelo povo brasileiro. E isso não é à toa. O combate sem trégua das senhoras e senhores que compõem o corpo da Polícia Federal à corrupção, ao tráfico de drogas e outras formas de criminalidade, que prejudicam a nossa sociedade é reconhecido pela opinião pública do nosso país”, expôs.

Cameli enfatizou que sua gestão prioriza parcerias interinstitucionais para fortalecer combate ao crime Foto: Diego Gurgel/Secom

Cameli reafirmou ainda o compromisso de sua administração no aspecto de somar esforços entre as instituições do Estado e Polícia Federal. “Como governador, tenho orientado minha equipe a prestar o auxílio naquilo que os senhores necessitem para atuar. Seja por meio da Polícia Militar, Polícia Civil e as outras forças que compõem a nossa Segurança Pública. Nesse sentido, a minha palavra sempre é a de união”, pontuou.

Na oportunidade, o atual superintendente da PF aproveitou para destacar os resultados históricos alcançados pela superintendência neste ano. Segundo o delegado Érico Barboza Alves, a integração interinstitucional tem grande relevância em relação aos números obtidos.

Érico Barboza, atual superintendente da Polícia Federal, aproveitou a oportunidade para destacar os relevantes resultados alcançados pela instituição em 2021 Foto: Diego Gurgel/Secom

“Hoje é um dia de celebrar os resultados da Polícia Federal e também de prestar essa homenagem aos órgãos parceiros, que tantos nos ajudaram. Deflagramos 64 operações especiais em 2021, ou seja, mais de uma por semana e é o triplo do ano passado. Conseguimos apreender mais de R$ 60 milhões em bens e 44 toneladas de drogas, além de de 175 prisões e 1.500 indiciamentos. Conseguimos solucionar 95% das nossas investigações”, explicou.

Os homenageados

Quatro ex-superintendentes regionais receberam a condecoração. São eles: Marcelo Salvio Rezende Vieira; Araquém Alencar Tavares de Lima; Chang Fan; e Diana Calazans Mann. Para esta última, que prezou pelo fortalecimento das parcerias com outros órgãos durante sua gestão, os resultados positivos são uma realidade incontestável.

Ex-superintendente da PF no Acre, delegada Diana Calazans Mann afirmou estar honrada pelo reconhecimento Foto: Diego Gurgel/Secom

“Foi uma honra ter atuado no Estado do Acre. Como ex-superintendente, fico muito feliz em ver todo o esforço que tivemos para realizarmos um trabalho integrado está rendendo frutos, consolidando a Superintendência da Polícia Federal no Acre como uma das mais importantes no combate ao crime organizado”, afirmou

Francisco Thum, presidente do Instituto de Defesa Animal e Florestal (Idaf), recebeu a homenagem. “Esse é o reconhecimento de um trabalho que vem sendo feito com seriedade e com respeito. Eu me sinto muito honrado por estar representando o Idaf neste momento tão especial”, comentou.

Presidente do Idaf, Francisco Thum, também recebeu a homenagem Foto: Diego Gurgel/Secom

Também foram reconhecidos o comandante do 7º Batalhão de Engenharia de Construção, coronel Milton Maciel; o comandante do Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Rio Branco, 1º tenente Edson Baratto; o secretário de Justiça e Segurança Pública, Paulo Cezar Rocha dos Santos; o delegado-geral de Polícia Civil, Josemar Portes; o comandante-geral da Polícia MIlitar, coronel Paulo César Gomes; a presidente do Departamento Estadual de Trânsito, Taynara Martins; o superintendente da Polícia Rodoviária Federal no Acre, Getúlio Azevedo; o presidente do Instituto de Administração Penitenciária, Arlenilson Cunha; o presidente do Tribunal de Contas do Estado do Acre, Ronald Polanco; o chefe da Fundação Nacional do Índio, Rodolfo Nobres; o superintendente dos Correios no Acre, Juliano Arns;  entre outras autoridades.