Futebol: uma ferramenta de inclusão para menores em conflito com a lei

As atividades ocorreram em três unidades socioeducativas de Rio Branco (Foto: cedida)

O Instituto Socioeducativo do Acre (ISE/AC) realizou um campeonato de futebol de areia envolvendo menores em conflito com a lei de Rio Branco.

O evento já é fixo no calendário socioeducativo e tem como objetivo trabalhar as relações interpessoais, despertar o espírito esportivo e garantir o que o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) prevê sobre o direito ao esporte e lazer do adolescente, mesmo privado de liberdade.

“Cerca de 60 garotos participaram da competição, que teve início no fim do ano passado e depois de uma pequena parada retornou em janeiro. Nosso objetivo é proporcionar a interação de toda a comunidade socioeducativa”, explicou o diretor da unidade socioeducativa Acre, Norberto Vieira.

Todos os jogos foram realizados nos centros socioeducativos de Rio Branco e fazem parte da Lei de Incentivo ao Esporte Acre.

Para a realização do evento esportivo, o governo do Acre contou com a colaboração de parceiros, que cederam materiais esportivos, bolas, medalhas e troféus.