Cultura

Fundação de Cultura Elias Mansour recebe veteranos do movimento cultural acreano

O Presidente da Fundação de Cultura e Comunicação Elias Mansour (FEM), Manoel Pedro (Correinha), recebeu, na manhã desta segunda-feira, 23, a visita do ex-governador Binho Marques, dos jornalistas Altino Machado e Toinho Alves e do Presidente da Fundação Garibaldi Brasil, Sérgio de Carvalho.
O objetivo da visita, segundo Toinho Alves, foi reunir as duas fundações para discutirem de que maneiras elas podem ser apoiadoras de um encontro de movimentos culturais da década de 80, que está previsto para 2020: “Nós viemos trazer uma intenção do pessoal do antigo Teatro Horta, que existia na Estação Experimental, que é a de promover um segundo encontro depois de 20 anos do primeiro e depois de 40 anos da formação inicial desse teatro. Eles resolveram realizar esse encontro no próximo ano, e nós, que somos amigos e participamos do movimento cultural da década de 80, resolvemos aproveitar o momento para fazermos outros encontros, com pessoas que militaram na cultura acreana durante todas essas décadas”, explica Toinho.

Toinho Alves, Binho Marques, Correinha, Altino Machado e Sérgio de Carvalho. Foto: Edson Brunno/FEM

Os participantes da reunião solicitaram apoio do governo com cessão de espaços e apoio logístico para a realização do evento. A Fundação Elias Mansour se comprometeu em fazer tudo que estiver ao alcance para que os encontros transcorram e aconteçam com grande sucesso.
“A nossa missão, enquanto fundação governamental que fomenta a cultura, é propiciar que ações culturais dessa e de outras naturezas possam acontecer e, para isso, utilizaremos, de acordo com as nossas condições, as ferramentas que estejam ao nosso alcance para ajudar”, disse Correinha.
O ex-governador Binho Marques disse que esse será um encontro importante para os acreanos: “Não será somente um encontro saudosista, mas um encontro de discussão da cultura, que durará mais ou menos uma semana e deve ter shows, apresentações de teatro, lançamentos de livros, exposições de artes plásticas, entre outros”.

Binho Marques e Manoel Pedro (Correinha) Foto: Edson Brunno/FEM