Formatura encerra programação alusiva aos 99 anos da Polícia Militar

Para marcar o encerramento das atividades em comemoração aos 99 anos de fundação da Polícia Militar do Estado do Acre (Pmac), foi realizada uma formatura nesta sexta-feira, 29, no pátio do quartel do Comando Geral.

Além da formatura foram entregues medalhas do mérito Coronel Fontenele e Plácido de Castro a autoridades civis e militares do Acre, Santa Catarina, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Alagoas.

“A cada ano que passa, a cada aniversário, a gente reafirma a vontade de trabalhar em prol da comunidade, na defesa do cidadão, do ser humano e com amor aos direitos humanos. Nesses 99 anos, nós estamos reafirmando nossa vontade de trabalhar ativamente na defesa do cidadão”, disse o coronel Júlio César, comandante-geral da Pmac.

O governo investiu de 2014 a 2015 na formação de 196 soldados, de 27 oficiais administrativos, realizou curso de aperfeiçoamento de sargentos, incrementou o Banco de Horas, possibilitou a realização das operações saturação e máxima ronda nos bairros, além de ter trabalhado para reduzir os indicadores de violência.

A governadora em exercício, Nazaré Araújo, ressaltou o respeito do governo com a Polícia Militar, que hoje é reconhecida como a mais honesta do Brasil.

“O governo agradece profundamente a essa corporação, que sempre está ao lado do nosso povo, exemplo disso foi a participação durante o período da alagação e não deixou de cumprir com sua missão. Estamos juntos para vencer os desafios, e continuar investindo na melhoria e avanços que nossa Polícia Militar merece”, finalizou

História da Polícia Militar

A História da Polícia Militar do Estado do Acre (Pmac) é dinâmica e única no cenário brasileiro, uma vez que a última extensão de terra incorporada ao Brasil foi o Acre. Após vários acordos entre brasileiros e bolivianos, para definir com quem ficaria as terras acreanas, em 17 de novembro de 1903, foi assinado, entre os dois Países, o Tratado de Petrópolis.

A estrutura organizacional da milícia acreana modificava-se de acordo com o desenvolvimento administrativo do Acre. Depois da unificação dos Departamentos, em 1° de janeiro de 1921, as Companhias Regionais foram extintas. Em seu lugar, foi criada a Força Policial do Território Federal do Acre.

Por falta de estrutura, a Pmac só veio a ser concretamente instalada em 31 de março de 1974. Vale ressaltar que para efeito de comemoração de seu aniversário, a Lei n° 812 de 5 de dezembro de 1984, instituiu a data de 25 de maio de 1916 como o marco inicial da Polícia Militar do Acre.