Dia do Fotógrafo

Exposição na Biblioteca Pública do Acre celebra o olhar criativo de fotógrafos acreanos

No hall da Biblioteca Pública do Acre, em Rio Branco, uma exposição diversificada reuniu olhares e cliques nesta segunda-feira, marcando o Dia do Fotógrafo, nacionalmente comemorado no dia 8 de janeiro. O Varal Fotográfico, idealizado pela fotógrafa Nattércia Damasceno, com apoio do governo do Estado, por meio da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM), que cedeu o espaço para a exposição, transformou o ambiente em uma galeria viva, exibindo o talento de diversos fotógrafos locais.

Nattércia define o momento como oportuno de integração de fotógrafos acreanos, proporcionando uma forma de conhecimento mútuo. Foto: Marcos Vicentti/Secom

A iniciativa ganhou vida e proporcionou aos visitantes uma viagem por diferentes perspectivas e técnicas capturadas pelas lentes dos participantes. “Fico contente com a realização do evento nesse espaço público de valorização da arte e cultura, superalinhado com a proposta”, agradeceu. 

Evento cultural vai ao encontro de um dos ideais do governo do Acre, o de promover diversas formas de apreciação de artes. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Ao todo, 17 fotógrafos contribuíram com seu olhar singular, apresentando imagens que iam desde a natureza amazônica até retratos da vida cotidiana acreana. Ao reunir os profissionais, Nattércia explica: “Busquei oportunizar esse momento de valorização e confraternização, para divulgar o nosso trabalho e trocar experiências”.

Profissional já havia realizado uma ação similar no dia 19 de agosto de 2022, celebrando o Dia Mundial da Fotografia, estimulando a participação dos colegas de profissão no Horto Florestal. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Entre os expositores, destaca-se a participação de servidores do governo do Acre, que também compartilharam seu talento e visão fotográfica na exposição. Um deles é Clemerson Ribeiro, fotógrafo da Agência de Negócios do Estado do Acre (Anac). 

Ao iniciar na profissão, Ribeiro contou com o apoio e ingressou em cursos profissionalizantes de fotógrafos mais experientes do estado. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Há três anos, ele se volta profissionalmente à fotografia e na ocasião abordou suas experiências: “Quando você se propõe a um maior aprofundamento na fotografia, você navega o mundo com outros olhares. Com o estudo e a experiência, conseguimos ver a vida com outros ângulos e possibilidades, tornando possível contar uma história a partir de um clique”. Além de Clemerson, a exposição contou com imagens de servidores estaduais como Felipe Freire, Alexandre Cruz-Noronha, Dhárcules Pinheiro, Mardilson Gomes e Stalin Melo.

Outro expositor participante é Leonardo Trovão, servidor público na Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) que, nas horas vagas, se volta para a fotografia. Foto: Marcos Vicentti/Secom

A riqueza visual presente no Varal Fotográfico na Biblioteca Pública do Acre não apenas celebra a arte da fotografia, mas também destaca a importância de eventos culturais que unem a comunidade em torno da apreciação e valorização das diferentes formas de expressão artística.