Expoacre 2008

Melhoramento amplia mercado bovino para o Acre

 

dsc_0024.jpg

Os investimentos públicos e privados no melhoramento genético do rebanho bovino do Acre levaram o Acre à condição de primeiro colocado no ranqueamento da raça Nelore na região Norte. A evolução alcançou dimensão internacional com a inclusão no banco de sêmen Nelore do boi Lek, da linhagem Panagpur. O animal, de oito anos de idade,  está exposto na Expoacre e seu sêmen é comercializado no mundo inteiro. Há outros exemplos.

Esse status pode ser alcançado pelo gado de leite. Com investimentos significativos do Governo do Estado, implantou-se recentemente a Estação de Melhoramento  e  Difusão de Genética  Animal (Emdga), localizada na sede da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) no KM 14 da BR 364 (sentido Rio Branco-Porto Velho). Construída com apoio do Governo Federal, a unidade custou mais de  R$1,1 milhão e irá melhorar substancialmente a qualidade  do rebanho leiteiro em todo o Estado do Acre.

Se aplicadas todas as técnicas a estação permitirá  elevação de R$10 para até R$900 a renda anual por hectare do rebanho leiteiro do produtor. A Emdga é um complexo integrado  por um  escritório de atendimento,  laboratório, curral, tronco, brete pastagem e alojamento. A equipe técnica é formada por  médicos veterinários, agrônomos, biólogos, técnicos administrativos e de laboratório, secretária, gerente operacional,  além de pessoal de campo, os tratadores.