acre presente

Evento internacional reúne governadores e lideranças de diversos países, nesta quinta-feira, no Amazonas

Com informações da Secretaria de Comunicação do Amazonas

Novos modelos de desenvolvimento para o futuro do planeta, priorizando a conservação ambiental e respeitando as populações tradicionais, são os focos dos debates internacionais que acontecerão na Reunião Anual da Força-Tarefa de Governadores pelo Clima e Florestas (GCF Task Force), nesta quinta e sexta-feira, dias 17 e 18 de março, no Centro de Convenções Vasco Vasques, em Manaus (AM). O governador do Acre, Gladson Cameli, confirmou participação no evento.

Governador Gladson Cameli confirmou presença no evento. Foto: Mardilson Gomes

O evento, que é realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), reunirá os governadores do Amazonas, Acre e Amapá, o vice-governador do Mato Grosso, além de cinco governadores da Colômbia, México, Indonésia e Peru, e mais de 150 lideranças de diversos países.

As temáticas dos debates são sobre conhecimento, tecnologia, inovação, pesquisa, financiamento, parceria, implantação de governança, políticas públicas e outras ações voltadas ao combate das mudanças climáticas e em defesa das florestas tropicais do mundo.

Na abertura do evento, no dia 17, das 9h às 12h, haverá uma solenidade com a presença do governador do Amazonas, Wilson Lima; o embaixador da Noruega no Brasil, Odd Magne Rudd; o representante da Embaixada da Alemanha, Franziska Troger; o representante da Embaixada do Estados Unidos, Glenn Fedzer; entre outras autoridades.

Uma das ações importantes que acontecerão no evento será o lançamento do Programa Guardiões da Floresta, iniciativa que visa a reestruturação do antigo Bolsa Floresta, com o aumento do valor e de beneficiários, se tornando o maior sistema de Pagamentos por Serviços Ambientais (PSA) do mundo.

Outro marco será a assinatura do memorando de entendimento entre os membros da Amazônia brasileira do GCF e a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (Usaid – sigla em inglês), que tem o objetivo de engajar esforços para estimular estratégias de conservação florestal.

Também acontecerá a assinatura do Plano de Ação de Manaus (MAP), documento que norteará as próximas ações da Força-Tarefa, com foco em encontrar soluções para o desenvolvimento sustentável de regiões com florestas, atuando também em questões complexas como as desigualdades sociais.

Outra iniciativa é o lançamento do projeto Janela B, que será coordenado pela Fundação Amazônia Sustentável (FAS) e visa contribuir para o desenvolvimento, implementação e adequação de planos subnacionais e nacional de combate ao desmatamento ilegal e queimadas, habilitando os estados da Amazônia Legal para acessarem o mercado regulado de carbono.

Outra ação de grande importância para a conservação ambiental será o lançamento da Amazônia + 10, feito em parceria com o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de CT&I (Consecti) para promover a ciência, a tecnologia e a inovação na Amazônia.