Na Fieac

Evento discute exportação de produtos da indústria acreana

O governo do Estado tem um olhar atento para a atividade de exportação de produtos da indústria acreana como alternativa viável ao desenvolvimento regional. Essa linha de ação foi evidenciada no encerramento do Programa de Qualificação para Exportação (Peiex), realizado nesta quarta-feira, 8, na Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac).

Programa encerrado ontem na Fieac é o ponto de partida para o projeto de bem preparar o empresariado local para projetos de exportação
Evento tratou do tema relacionado à preparação das empresas pra iniciar as atividades de exportação como ponto de partida do programa. Foto: José Caminha/Secom.

A ação de incentivo à exportação é uma realização da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Acre (Fapac) e Federação das Indústrias do Acre (Fieac). O objetivo é preparar as empresas brasileiras para iniciar o processo de exportação de seus produtos e serviços de forma planejada e segura.

As empresas qualificadas pelo programa tornam-se aptas a participarem de ações internacionais de promoção comercial organizadas pela Apex-Brasil e seus parceiros.

Durante o encerramento e apresentação de resultados do Peiex o assessor jurídico da Agência Reguladora do Acre (Anac), Milton Domingues Neto, falou sobre o projeto de plataforma digital, que está em vias de implantação pelo governo do Estado, como uma vitrine onde o  empresariado local poderá expor seus produtos e dispor de todas as comodidades virtuais para o fechamento de negócios vantajosos.

Assessor jurídico da Anac explicou projeto do governo do Estado que vai garantir suporte para o empresariado local, no que se refere à exportação de produtos acreanos. Foto: José Caminha/Secom.

“Esse projeto é uma prioridade do governo, pois vai representar um suporte para fortalecer as atividades empresariais com foco na exportação de produtos regionais”, adiantou Domingues.

O governador em exercício, major Rocha, elogiou a iniciativa de segmentos produtivos da indústria em tornar mais próximo o sonho de desenvolver a cultura da exportação, destacando que o Oceano Pacífico é o caminho.

“Parabenizo a Fieac pela iniciativa de trazer os empresários para o protagonismo dessa linha de ação, sobretudo para comandar os debates”, reconheceu Rocha.