ação social

“Eu passei muita fome e agora posso ajudar as pessoas com essas ações”, diz Amaral ao falar sobre o Futebol Solidário

Bi- campeão brasileiro pelo Palmeiras (93/94), o ex- jogador Amaral deu uma declaração emocionante nesta quinta-feira, 13, durante a coletiva de imprensa para falar sobre a partida de futebol organizada para arrecadar alimentos para famílias de baixa renda no Acre. O atleta, que juntamente com o também ex- jogador Donizete Pantera já estão no Acre, revelou que na infância passou fome.

O ex-jogador Amaral, durante entrevista coletiva em Rio Branco; ele será uma das atrações do Futebol Solidário Foto: Marcos Vicentti

Amaral deu a declaração no final desta tarde, na Casa Civil, ao lado do modelo Marcelo Bimbi, um dos organizadores do evento. “É legal essa ação. Eu quando criança, passei muita fome e não tinha ninguém para me ajudar. Agora, a gente tem a oportunidade de ajudar e não custa nada. Estou muito feliz por estar aqui”, declarou.

Em sua 5ª edição, o Futebol Solidário terá ainda as participação dos ex- jogador Júnior Baiano, do pugilista Acelino Popó, o anão Pedrinho (Pânico na TV) e Lucas Strabko, o Cartolouco. O evento tem o apoio do governo do Acre por meio das Secretarias de Saúde e Educação e Casa Civil. Marcelo Bimibi explicou que os convidados ilustres irão se juntar às equipes da OAB, PGE e craques locais. Todos farão o teste rápido da Covid-19 no estádio, antes da partida.

O modelo Marcelo Bimbi (centro), ladeado pelos jogadores Donizete e Amaral, é um dos organizadores do evento organizado para arrecadar alimentos Foto: Marcos Vicentti

“Todos os convidados locais vão contribuir com o projeto. Já arrecadamos mais de cento e cinquenta cestas antes do evento e durante o jogo teremos canais disponíveis para que as pessoas possam doar também. Agradeço ao governo do Acre pela parceria que certamente vai aliviar a situação de muitas famílias”, disse.

O Futebol Solidário acontece nesta sexta-feira, 14, a partir das 18 horas, no Arena Acreana e será transmitido pelo Facebook do governo do Acre e pelo canal oficial Notícias do Acre no YouTube.

Não será permitida a entrada de público por conta das restrições impostas em decorrência da pandemia da Covid-19.