programação

Estado inicia os 16 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência contra a Mulher

A Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres (SEASDHM) iniciou nesta quarta-feira, 25, no Theatro Hélio Melo, os 16 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência contra a Mulher, com o tema “Nenhuma Mulher a Menos, um Homem a Mais para Apoiar” e Semana da Consciência Negra.

A programação foi marcada também pelo Dia Internacional da Não Violência Contra Mulher, 25 de novembro, e se estende até 10 de dezembro. A professora universitária Cláudia Marques, ministrou a palestra “Mulheres Negras Reexistem”, abordando os aspectos históricos que norteiam a luta de mulheres negras, no aspecto social e político, vivenciado por elas.

Campanha dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres é engajada no enfrentamento e na eliminação da violência contra mulheres e meninas Foto: Pedro Devani/Secom

A campanha dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres é engajada no enfrentamento e na eliminação da violência contra mulheres e meninas, aumentando a conscientização da sociedade sobre o assunto.

Atividades alusiva a temática de mulheres serão realizadas durante a semana Foto: Pedro Devani/Secom.

“Hoje é um dia muito importante, estamos unidos pelo fim da violência contra a mulher. Nós temos nos esforçado para alcançar as mulheres do Acre”, enfatizou a diretora de Políticas para as Mulheres da SEASDHM, Isnailda Gondim.Durante a semana, a Diretoria de Políticas para as Mulheres da SEASDHM, irá realizar atividades alusiva a temática de mulheres.

O artista Fabríicio Martinn realizou uma apresentação de samba para os presentes e a exposição plástica Yorubá, as origens africanas.