Estado entrega cestas básicas na Apae de Cruzeiro do Sul

“Estamos acessíveis e podem contar conosco. Esta é uma forma de colaborar com as atividades excepcionais que a Apae realiza com toda a sociedade Cruzeirense”. Estas foram as palavras da primeira-dama do Estado do Acre, Ana Paula Cameli, que não escondeu a alegria ao entregar na manhã desta segunda-feira, 20, para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), em Cruzeiro do Sul,  96 cestas básicas para serem distribuídas às famílias das crianças, jovens e adultos com necessidades especiais acompanhados pela instituição, e que passam por necessidade devido à pandemia da Covid-19.

Cestas básicas foram entregues pela primeira-dama do Estado, Ana Paula Cameli Foto: Onofre Brito.

A primeira-dama destacou que já foram mais de 20 mil cestas básicas distribuídas às famílias em situação de vulnerabilidade social e financeira no Estado do Acre. “Está sendo realizado um planejamento, com calendário de entregas para atender todo o Alto Acre e todo o Vale do Juruá. Apesar das dificuldades, estamos buscando atender 100% das demandas neste momento tão complicado para todos nós. Conhecemos o coração do Gladson, que não tem medido esforços, para que juntos possamos enfrentar essa pandemia. Portanto, pedimos mais união, mais empatia e amor ao próximo”, frisou Ana Paula.

Ana Paula Cameli destacou que cronograma de entregas deve atender toda a região do Vale do Juruá Foto: Onofre Brito.

Segundo a sócia-fundadora da unidade, Karen Lima Queiroz, as famílias dos alunos com necessidades especiais não recebem o auxílio do Bolsa Família, e sim, o Benefício de Prestação Continuada (BPC), destinado às pessoas com necessidades especiais e que são em grande maioria muito carentes.

“O governador Gladson Cameli atendeu um apelo da instituição para estender a doação das cestas básicas aos nossos alunos, porque a fome não espera. Trabalhamos com pessoas com deficiências diversas e na grande maioria extremamente carentes, com pais desempregados, sem produzir como autônomos, devido à paralisação de grande parte dos serviços prestados à sociedade que são realizados por eles. Vivemos de convênios e de doações, sem os quais não conseguiríamos realizar o trabalho que fazemos aqui e que faz muita diferença na vida de centenas de famílias. Estamos muito felizes e essas cestas são muito bem-vindas”, destacou Karen.

Mais de 17 mil cestas básicas já foram distribuídas às famílias em situação de vulnerabilidade social e financeira no Estado do Acre Foto: Onofre Brito.

A instituição atende 250 crianças, jovens e adultos com deficiência intelectual e múltipla nas áreas de saúde, assistência social e educação. Os atendimentos multiprofissionais contam com fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos, educadores físicos, entre outros especialistas.

Representando a Secretaria Estadual de Educação, a coordenadora do núcleo no município, Ruth Bernardino, informou que já há novos levantamentos, que serão encaminhados ao setor de compras, para a realização de um novo aditivo para aquisição de mais cestas básicas, contemplando alunos do ensino médio e  demais instituições educacionais no Vale do Juruá, contemplando os municípios de Porto Walter e Marechal Thaumaturgo.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest