Espetáculo Som da Floresta no Theatro Hélio Melo

Os elementos da floresta são a ferramenta usadas pelas crianças para criar música e dança

somdafloresta.jpg

Grupo de percussão do Acre toca com instrumentos construídos com elementos da floresta (Foto divulgação)

Como encerramento do projeto Som da Floresta no Lago do Amapá, contemplado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura da Fundação Garibaldi Brasil, será apresentado na próxima terça-feira, 21, o espetáculo de dança e música Som da Floresta, no Theatro Hélio Melo, a partir das 18h30.

Através da Oficina Som da Floresta, um grupo composto por 40 crianças toca os mais variados ritmos musicais usando instrumentos construídos à base de elementos florestais como sementes, galhos, ouriços e cipós. Além disso, o instrutor do projeto, Antonio da Paixão, o "Baiano", também fará uma apresentação de percussão, seguido de uma apresentação de yoga e outra de balé clássico.

A Oficina Som da Floresta foi criada em 2003 pela Associação Vertente, e com apoio do Governo do Estado e do Governo Federal, através do Ministério da Cultura, se transformou em um Ponto de Cultura. No começo, suas atividades eram realizadas e desenvolvidas na Paróquia Santa Luzia, do bairro Adalberto Sena. Hoje, o projeto possui espaço próprio, adquirido através de recursos da Lei Estadual de Incentivo à Cultura da Fundação Elias Mansour.

Som da Floresta

Quando: Dia 21 de abril (terça-feira), às 18:30 horas
Quanto: Entrada franca
Onde: Theatro Hélio Melo (Av. Getúlio Vargas, nº 309 – Centro), Rio Branco