Escola Prof. Pedro Martinello celebra Dia da Consciência Negra

A festa foi uma homenagem ao Dia da Consciência Negra (Foto: Marinez Lopes/SEE)
A festa foi uma homenagem ao Dia da Consciência Negra (Foto: Marinez Lopes/SEE)

Celebrando as diferenças e incentivando o respeito à diversidade religiosa, a Escola Estadual Prof. Pedro Martinello realizou no último sábado, 29, a festa em homenagem ao Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, com participação de alunos, equipe escolar e membros da comunidade.

Com apoio de órgãos como a Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE) e a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial, o evento serviu para mostrar aos convidados a importância da convivência harmoniosa com os diversos tipos de religião, principalmente as de matriz africana.

Angelina Juliana, 17, é aluna da instituição e participou de um espetáculo de dança inspirado nos orixás. “Fizemos pesquisas fora da escola, e descobrimos vários universos envolvendo a diversidade religiosa. Ainda existe o pensamento preconceituoso, com ofensas verbais, mas estamos felizes em incentivar a aceitação na escola”, disse.

Um fato que surpreendeu a coordenadora de ensino da instituição, Carla Cristine, foi a presença do preconceito e da intolerância religiosa dentro da própria escola. Durante a produção do evento, comentários negativos foram ouvidos tanto por alunos como por funcionários da equipe escolar.

“Sou evangélica, mas não é por ser fiel à minha fé que tenho o direito de rebaixar as outras crenças. Para uma convivência harmoniosa, é preciso aceitar as diferenças e entender as pessoas que nos cercam”, enfatizou a coordenadora.