Escola Aberta

Escola Carlos Casavecchia recebe o programa Escola Aberta

Integrar a comunidade à escola. Este é o objetivo do Programa Escola Aberta, Alunos Reflexivos que, no último sábado, 21, reuniu os moradores do bairro Wanderley Dantas na escola Padre Carlos Casavecchia. Durante todo o dia, atividades culturais, esporte, lazer, serviços de saúde e geração de renda foram oferecidos à toda a comunidade.

O programa oferece diversos atendimentos de saúde Foto: Mardilson Gomes/SEE

“A intenção é mudar a imagem da escola de ser somente um lugar onde filho vem para estudar e os pais serem chamados quando ele tiver algum problema. A gente está estreitando os laços entre comunidade e escola”, explica a coordenadora do programa, Patrícia Silva.

Quem aprovou a iniciativa foi a dona de casa Naileide Furtado. “Minha filha estuda aqui na escola, no 9º ano, e eu estou achando o evento aqui maravilhoso porque a gente está participando de muitas atividades e tudo está muito bonito. Cheguei aqui cedo e já medi a pressão e agora vou fazer os testes rápidos”, conta.

Entre as apresentações culturais estiveram os estudantes do Colégio Estadual Militar Tiradentes Foto: Mardilson Gomes/SEE

Atualmente, a Carlos Casavecchia atende 1.170 estudantes em três turnos de Ensino Fundamental – Anos Finais e Educação de Jovens e Adultos. Além da programação do Escola Aberta, os estudantes realizaram também atividades do Projeto Meio Ambiente, desenvolvido pelos professores da própria escola, plantando árvores, cuidando e organizando todo o ambiente escolar.

“Durante todo o ano os alunos estudam a importância da preservação do meio ambiente. O ponto alto é o dia em que eles vêm para a escola plantar árvores e organizar o ambiente do prédio com as próprias mãos. É importante para conscientizar os alunos e culminou com o Escola Aberta. Isso é bom para a comunidade que, na sua maioria, não tem acesso a esses tipos de atendimento. E aproxima a gente. É difícil trazer os pais para escola só para as reuniões, e essa é uma oportunidade da escola se aproximar mais deles”, conta a gestora da escola, Renildes Novaes.

Os estudantes também realizaram atividades do Projeto Meio Ambiente Foto: Mardilson Gomes/SEE

Para a estudante do 8º ano, Letícia Lima, 14, tanto o Programa Escola Aberta como o Projeto Meio Ambiente favorecem a comunidade escolar. “Eu estou curtindo muito as atividades culturais e, além disso, é muito legal a escola fazer esse tipo de projeto do Meio Ambiente porque conscientiza os alunos que jogam lixo no chão, ainda mais porque agora eles vão querer cuidar daquilo que eles fizeram. Eles vão cuidar e não vão querer que ninguém destrua o trabalho deles”, avalia a estudante.

Últimas notícias

enfrentamento da pandemia 03/06/2020 - 10h27min

Governo do Estado decreta ponto facultativo no dia 5 de junho

Medidas contra Covid-19 em Assis Brasil 02/06/2020 - 11h03min

Nota Pública