Empreendedores são preparados para feiras em Bujari

Novos feirantes do Bujari (Foto: Miriane Teles)
Novos feirantes de Bujari (Foto: Miriane Teles)

“Os pequenos negócios sobrevivem às crises da economia com trabalho e criatividade”, analisou o secretário Henry Nogueira na mobilização que foi realizada na manhã da quarta-feira, 27, no Centro Cultural de Bujari.

Mais de 30 empreendedores foram capacitados, a partir da cartilha do Programa de Feiras Regionais da Secretaria Estadual de Pequenos Negócios (SEPN), para iniciar as atividades de feiras de economia solidária locais.

O incentivo à prática empreendedora e o fortalecimento do coletivo são as principais bases do programa. Bujari irá receber uma tenda e 20 barracas. O envolvimento de novos adeptos representa o trabalho da gestão para o cumprimento da meta de aumentar a participação no movimento de economia solidária.

Em toda reunião há os participantes mais falantes. Nessa, sobressaíram os comentários da boleira Mônica Pessoa. Atualmente vende sua produção no Ceasa, mas se mostrou animada por contar com uma nova opção na cidade: “Há muitos anos trabalho fazendo doces e bolos, criei os meus filhos assim. Essa feira é um mandado de Deus, tenho certeza!”

Já Antônia de Castro, a “Néia”, afirma que é difícil de ter notícia na zona rural. “Fico feliz de saber que vou poder participar e mostrar o que sei fazer, porque sou manicure e também posso trabalhar com comidas típicas”. A oportunidade vai gerar uma renda extra para ela ajudar no sustento dos dois filhos.