ACIMA DA MÉDIA

Efetivos das polícias Militar e Civil do Acre estão entre os cinco melhores do país, diz estudo

A  Segurança Pública do Acre aparece mais uma vez com destaque no cenário nacional. Segundo estudo do Observatório de Análises Criminais do Núcleo de Apoio Técnico do Ministério Público do Acre (NAT/MPAC), o estado está na 5ª colocação, dentre as demais unidades da Federação, em números de policiais militares por habitantes. 

Acre está na 5ª colocação, dentre as demais unidades da Federação, na relação policiais militares/habitantes. Foto: Dhárcules Pinheiro/Sejusp

De acordo com o NAT/MPAC, a média do país é de um policial para cada grupo de 525 habitantes, enquanto, no Acre, a razão é de um policial para cada 390 habitantes.

O estudo aponta ainda que o efetivo da Polícia Civil acreana tem a 2ª melhor razão do país. Nesse aspecto, a média do Brasil é de um policial para cada grupo de 2.290 habitantes. No Acre, para cada grupo de 977 habitantes há um policial civil.

Outro significante dado apurado pelo estudo diz respeito à média de policiais militares por policiais civis.  Enquanto a média nacional é de 4,4 policiais militares para cada policial civil, no Acre, essa diferença cai para 2,5. Nesse comparativo, o estado do Acre aparece com a 3ª menor média do país. 

Média nacional é de 4,4 policiais militares para cada policial civil. No Acre, essa diferença cai para 2,5. Foto: Dhárcules Pinheiro/Sejusp

Para o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, coronel Paulo Cézar Rocha dos Santos, os dados apresentados pelo NAT/MPAC representam mais um avanço do Estado nas políticas públicas voltadas ao combate à criminalidade e demonstra “o esforço do governo em posicionar os efetivos das polícias Militar e Civil entre os cinco melhores do país”.