iniciativa

Educação e ISE firmam cooperação para oferecer escolarização integral para pessoas em semiliberdade

Os gestores da Secretaria de Estado de Educação (SEE) e do Instituto Socioeducativo do Acre (ISE), Aberson Carvalho e Mario César Freitas, assinaram na segunda-feira, 2, um termo de cooperação que tem como finalidade disponibilizar profissionais da Educação e vagas em escolas regulares, integrais e profissionalizantes para os jovens que estão inscritos no Programa de Semiliberdade.

A iniciativa garantirá escolarização aos adolescentes com as diretrizes do Sinase. Foto: Márcia Moreira/SEE

A iniciativa, pioneira no Brasil, garantirá escolarização aos adolescentes com as diretrizes do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase). Neste primeiro momento serão contemplados os municípios de Cruzeiro do Sul, Sena Madureira e Brasiléia, além da capital Rio Branco.

De acordo com o diretor-presidente do ISE, Mário César Freitas, a partir da assinatura deste termo, a parceria entre as duas instituições será ampliada. “A SEE já tem escolas em todas as unidades de internação que atendem os que estão em conflito com a lei, e agora oferecerá aos adolescentes em semiliberdade essa oportunidade de ensino integral e profissionalizante, que ajudará na reintegração e educação desses jovens”, disse.

O secretário de Educação, Aberson Carvalho, destacou que essa é uma oportunidade que se dá a esses jovens, para que eles possam inserir em seu currículo uma formação técnica e profissional: “Desta forma, garantimos que todos possam ser assistidos em toda rede estadual, por meio desta política educacional. Educação é direito fundamental de todos”.