Avaliando 2017

Na Rádio Difusora, Nazareth Araújo destaca avanços da política social no Acre

O ano de 2017 foi repleto de conquistas e resultados no que se refere à política social do Acre. Para falar sobre o assunto, neste sábado, 30, a vice-governadora Nazareth Araújo participou ao vivo do programa Ouvidoria RDA. O bate-papo transmitido pelas ondas sonoras da Difusora Acreana AM 1.400 foi conduzido pelo radialista M. Jota e o jornalista Andrey Santana.

Nazareth Araújo tem se dedicado em transformar projetos sociais em políticas públicas de Estado. Em audiência extraordinária, a Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) aprovou cinco projetos de lei voltados às ações sociais e de saúde: política estadual para a população em situação de rua, o programa Primeira Infância Acreana, Som da Liberdade, dentro e fora das medidas socioeducativas, Mulher Cidadã e o Saúde Itinerante – todos impulsionados pelo gabinete da Vice-Governadoria.

Nazareth Araújo apontou os avanços das políticas sociais em 2017 (Foto: Val Fernandes/Secom)

A vice-governadora falou ainda que a redução dos números de internações, divulgada ontem pela Saúde, tem relação direta e indireta com as políticas públicas de saúde preventiva desenvolvidas pelo Mulher Cidadã e Saúde Itinerante, além dos maciços investimentos em saneamento básico realizado no Acre por meio dos programas Ruas do Povo e Saneamento Integrado.

“O PIA foi elaborado em 2014/2015, com foco na necessidade de atenção que é preciso ter com as crianças e mães, ainda no período do pré-natal. Esse programa tem estudos embasados no Núcleo de Ciências pela Primeira Infância. Conseguimos transforma-lo em lei, garantindo sua continuidade. As crianças precisam sentir que estão acolhidas no mundo, que possuem um adulto de referência”, salientou Nazareth, ao destacar a importância do Programa Primeira Infância Acreana.

Som da Liberdade

Outro destaque da entrevista foi o Programa Som da Liberdade, que atua na disseminação de uma cultura de paz através da música, por meio de aulas de violão. O projeto começou com adolescentes em cumprimento de medidas no Sistema Socioeducativo, mas logo se expandiu para trabalhar a prevenção fora das unidades. Hoje, são 360 adolescentes no bairro Taquari em Rio Branco, município de Bujari, além dos internos do ISE.

Projeto que começou dentro do ISE ganhou apoio da Vice-Governadoria e hoje se expandiu para trabalhar a prevenção fora das unidades socioeducativas (Foto: Angela Peres/Secom)

Questionada sobre os benefícios e resultados da iniciativa, a vice-governadora afirmou que “essa é uma oportunidade de transformação por meio da sensibilização, da arte e, isso, a ciência também comprava. Eu não acredito na revolução pela arma, acredito na revolução pela alma. Aposto nisso. Não quero dizer que não seja necessária a repressão, mas enquanto eu posso trabalhar a prevenção, é preciso agir. Por isso, precisamos nos unir em sistema de governança: política pública de prevenção, sociedade civil, comunidade e família”.

Acre do futuro

Os programas Mulher Cidadã, Saúde Itinerante, além da Semana Estadual Sobre Drogas e as ações de apoio às pessoas em situação de rua também foram destaques da entrevista concedida na Rádio Difusora Acreana.

Mulher Cidadã e Saúde Itinerante agora são políticas públicas de Estado previstas em lei (Foto: Val Fernandes/Secom)

Questionada sobre suas expectativas para o Acre do futuro, Nazareth Araújo respondeu: “Sonho com um Acre do futuro sendo um lugar de referência para o mundo, onde as pessoas são felizes dentro da floresta, na área rural, nas cidades, vivendo aqui e tendo orgulho de serem amazônidas. Pois é possível desenvolver e preservar os nossos recursos naturais. Esse é um sonho que também o do meu pai: um Acre em que as pessoas sintam a dignidade de vida, que pisem no seu chão com orgulho e honra, oriundo do trabalho honesto”, finalizou.