Dnit ordena recuperação da BR-364 entre Rio Branco e Sena Madureira

Estão sendo disponibilizados R$ 70 milhões para recuperação de 158,11 km da rodovia (Foto: Gleilson Miranda/Secom)
Estão sendo disponibilizados R$ 70 milhões para recuperação de 158,11 km da rodovia (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

O governador Tião Viana participou na tarde desta quinta-feira, 6, da assinatura da ordem de serviço do Contrato de Restauração e Manutenção de Rodovias (Crema), celebrado entre o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e a Construtora Castilho, para a manutenção da BR-364, no trecho entre Rio Branco e Sena Madureira.

“Isso estava se constituindo num pesadelo para todos nós, do Acre, e para o Ministério dos Transportes. Eu falava à presidente Dilma sobre os prejuízos que isso representava para todos nós, para a população, que corria risco de morte, para os usuários da estrada. Agora, R$ 70 milhões estão sendo disponibilizados para termos esse trecho recuperado, garantindo o direito de ir e vir”, comentou o governador.

Há tempos Tião Viana reivindicava no Ministério dos Transportes uma solução para a situação da rodovia que liga a capital ao município, já que esse trecho é de responsabilidade do governo federal. Ele ressaltou que somente ano passado trafegou por mais de 20 vezes pela estrada e reconhecia a precariedade das condições do asfalto, que torna a via perigosa para o tráfego.

O superintendente do Dnit no Acre e Rondônia, Fabiano Martins, detalhou que o trabalho será executado em 158,11 quilômetros, iniciando-se na rotatória da Polícia Rodoviária Estadual, a “Corrente”, seguindo até Sena Madureira.

“A partir desse momento, vamos eleger uma comissão do Dnit para acompanhar a execução dessa ordem de serviço. Um grupo de engenheiros do órgão irá fiscalizar a obra. Podem ter certeza de que vamos fiscalizar com o maior rigor possível”, garantiu o superintendente.

O diretor-presidente do Departamento de Estradas de Rodagem do Acre (Deracre), Ocírodo Júnior, ressaltou que a presidente Dilma Rousseff atendeu a solicitação do governador Tião Viana e firmou essa parceria entre Estado e governo federal.

“Esse contrato tem duração de dois anos. A empresa deve estar em, no máximo dez dias, trabalhando em ações de recuperação dos trechos mais críticos, e no início do verão a empresa já deve estar com toda sua estrutura instalada em um trecho da rodovia e outra parte em Rio Branco para intensificar as obras”, detalhou o diretor-presidente.

Comunidade celebra recuperação da estrada

Lideranças de Sena Madureira prestigiaram o ato, que foi realizado na Casa Civil. Entre as lideranças, o prefeito do município, Mano Rufino, vereadores, líderes religiosos e o presidente do Sindicato dos Taxistas, Jandrei Sabóia.

O prefeito reconheceu que Tião Viana lutou bravamente pela melhoria na rodovia e considera que a contratação de uma nova empresa é uma conquista para a população. “Há muito tempo reivindicamos essa melhoria. Se Deus quiser, essa empresa vai concluir o trabalho e acabar com esse transtorno que é a viagem entre Rio Branco e Sena”, disse o prefeito.

Sabóia declarou que era com felicidade que testemunhava o ato de contratação da empresa Castilho. “É muito tempo de sofrimento nessa estrada. Já vimos muita gente perder até a vida por conta da má conservação, e com essa atitude do governo, só temos a agradecer. A gente está depositando toda a confiança nessa empresa para a obra sair”, concluiu o taxista.

A empresa contratada para a manutenção da estrada de Sena Madureira é a mesma responsável pela recuperação da BR-364 no trecho que liga Porto Velho (RO) a Rio Branco.

Galeria de imagens