Detran realiza ação para promover respeito às vagas preferenciais

Andréia Nobre 2
A partir de janeiro de 2016 haverá mais rigor para quem não respeitar as vagas reservadas (Foto: Andréia Nobre/Detran)

“Essa vaga não é sua nem por um minuto”. A frase está grafada nos adesivos da nova campanha educativa do Departamento de Trânsito do Acre (Detran) e tem a finalidade de conscientizar condutores quanto ao respeito às vagas destinadas a idosos e deficientes em estacionamentos públicos e particulares. Durante esta semana, a autarquia realiza ação no estacionamento da União Educacional do Norte (Uninorte).

A partir de janeiro de 2016 haverá mais rigor para quem não respeitar as vagas destinadas a pessoas com deficiência e idosos. A infração passará a ser considerada de natureza grave, sendo punida com cinco pontos na carteira de habilitação e multa de R$ 127,69.

De acordo com a legislação de trânsito, 2% do total de vagas de estacionamento dos municípios devem ser destinadas a pessoas com deficiência e 5% aos idosos. Todas as outras vagas, ou seja, 93% do total, são para os demais motoristas e, logo, não há necessidade de se utilizar aquelas que são preferenciais.

Para a coordenadora de Educação de Trânsito do Detran, Geny Polanco, a atividade visa atender a várias reclamações da sociedade sobre a problemática. “Nosso trabalho é respaldado pelo Ministério Público, que nos orientou a estarmos presentes nos estacionamentos privados, onde grande parte dos condutores, por não temer a fiscalização, desrespeita as vagas destinadas”, explica.

Para o estudante Fábio Rezende, da Uninorte, a ação dos educadores de trânsito contribui para conscientização dos condutores. “O trabalho que o Detran vem realizando é de grande importância para sociedade”, avalia.