Detran orienta condutores que vão viajar durante feriado

Para quem pretende viajar nesse feriado prolongado que se inicia nesta quinta-feira, 2, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) alerta os condutores para redobrar a atenção no trânsito, tendo em vista a tranquilidade e a segurança de todos. Alguns cuidados são necessários para que não haja transtornos.

Os cuidados apontados pelo Detran auxiliam a evitar os acidentes durante o feriado (Foto: Assessoria Detran/AC)
Os cuidados apontados pelo Detran ajudam a evitar os acidentes durante o feriado (Foto: Assessoria Detran/AC)

Antes de seguir viagem, os condutores devem considerar uma série de pontos importantes. De acordo com Heretuza Pessoa, chefe da Coordenadoria Integrada de Fiscalização de Trânsito (Ciftran), é essencial a revisão geral do veículo antes de qualquer viagem. Ou seja, calibrar os pneus, checar os níveis de óleo, o estepe, as luzes dos faróis e os equipamentos obrigatórios de segurança.

Outra recomendação é avaliar as condições físicas e psicológicas de quem irá conduzir o veículo. “Muitos acidentes ocorrem por esse motivo. Então, se o condutor apresentar sinais de cansaço ou tiver alguma restrição médica, é melhor que confie a direção a outra pessoa em perfeitas condições, devidamente habilitada”, afirma.

O diretor-geral do Detran, Gemil Júnior, aponta ainda outras duas medidas essenciais não somente àqueles que decidem viajar nessa época, mas a todos os condutores, a qualquer momento. “A velocidade excessiva e a ingestão de bebidas alcoólicas antes de dirigir são condutas que devem ser evitadas em todas as circunstâncias. O governo do Acre e o Detran vão continuar fiscalizando, para sensibilizar nossos condutores”, afirma.

Fiscalização

Durante o feriado prolongado, o Detran irá atuar diariamente tanto em Rio Branco como em Cruzeiro do Sul, com a realização de blitz para conferir os documentos de porte obrigatório e os equipamentos de segurança dos veículos.

“Orientamos os condutores a portar os documentos de licenciamento do veículo e a habilitação, além de estarem com eles sempre em dia para não ficarem sujeitos a medidas administrativas cabíveis”, ressalta Heretuza Pessoa.