sem fatalidades

Detran divulga o balanço do trânsito no carnaval em Rio Branco

O trabalho integrado entre a Polícia Militar do Acre (PMAC) e Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC) garantiu um trânsito mais seguro, sem vítimas fatais, durante as cinco noites do carnaval 2022, na capital Rio Branco.

Os números são do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), Coordenadoria Integrada de Fiscalização de Trânsito (Ciftran) e do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública – Central de Atendimento e Despacho (Sinesp-CAD).

Durante as operações de fiscalização de trânsito, 1.207 veículos foram abordados, 109 condutores com teor de álcool no sangue foram retirados das vias, 32 motoristas não habilitados foram interceptados e houveram 39 acidentes de trânsito, todos sem vítima fatal.

Segundo a presidente do Detran, Taynara Martins, que participou de uma operação Lei Seca neste carnaval, os condutores precisam se conscientizar.

Dados de Rio Branco. Fonte: PMAC/BPTRAN/SINESP-CAD e CIFTRAN

“Durante a operação Lei Seca, da qual tive a oportunidade de participar, identifiquei a falta de conscientização e de responsabilidade de muitos condutores, que insistem em ingerir bebidas alcoólicas e conduzir um veículo. Alguns dos acidentes de trânsito tiveram o envolvimento de pessoas embriagadas”, ressaltou.

Para o comandante do BPTran, major Marleudo Nogueira, o objetivo principal da operação Lei Seca, que é preservar vidas no trânsito, foi alcançado.

“A operação Lei Seca tem o objetivo de coibir os excessos, retirar das vias condutores sob influência de álcool, que podem causar acidentes graves, para evitar que mais vítimas e tragédias venham a acontecer”, destacou Marleudo.