Defensoria Pública realiza atendimento no Parque de Exposições

A unidade móvel realizou atendimento aos abrigados no Parque de Exposições (Foto: Luciano Pontes/Secom)
A unidade móvel realizou atendimento aos abrigados no Parque de Exposições (Foto: Luciano Pontes/Secom)

A Defensoria Pública do Estado (DPE) esteve no abrigo do Parque de Exposições Marechal Castelo Branco, com sua unidade móvel realizando atendimento às pessoas atingidas pela cheia do Rio Acre, no período de 10 a 13 de março. Nas próximas semanas outros abrigos também receberão a unidade móvel da DPE.

Durante o período em que esteve no Parque de Exposições a DPE móvel funcionou de 8h às 18h, sem intervalo para o almoço. Todos os serviços prestados na sede da DPE foram oferecidos na unidade móvel. O atendimento é realizando independente da área de atuação do defensor. “Estamos ajuizando ações de todo tipo, na área civil, família, a maioria é pensão alimentícia, tem guarda, exame de DNA”, informa a defensora Clara Rúbia Roque Pinheiro de Souza.

Um dos atendimentos realizados pela defensora na tarde de sexta-feira, 13, foi da Prisciliane Nascimento de Lima. Prisciliane tem depressão e sua filha de 13 anos, Jessica de Lima Maia, cuida dela desde os 8 anos de idade. Elas precisaram mudar de box, pois onde estavam os vizinhos eram muito barulhentos o que agravava a situação de Prisciliane aumentando suas crises.

“A gente moravam na BR 364, como não tinha assistência tivemos que mudar para Rio Branco e a casa que a gente morava alagou e agora não temos onde morar”, diz Prisciliane.

A coordenadora da unidade móvel da DPE, a defensora Aryne Cunha, informou que foi realizada uma média de 20 a 25 atendimentos por dia, uma estimativa de 80 atendimentos durante o período em que estiveram no Parque de Exposições. “Durante essa semana estaremos trabalhando nos encaminhamentos das ações e depois vamos levar os serviços aos outros abrigos” afirma Aryne Cunha.