De olho na arte amazônica

Site de artista plástico acreano é acessado por pessoas de 24 países

gesileu_.jpg

Gesileu se entusiasma com os resultados gerados pelo site (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

As esculturas do artista plástico Gesileu Salvatore estão sendo conhecidas em vários países por meio da internet. De abril, quando estreou na web, até agora, a página recebeu mais de 2.800 acessos. As visitas foram feitas por pessoas de 24 países, entre eles Arábia Saudita, Japão, África do Sul, Noruega e os mais freqüentes, Portugal, França, Estados Unidos e Espanha.

"Quando um artista do Acre poderia imaginar que vai ser visto em tantos lugares se não fosse a internet?", indaga Salvatore, que desperta o interesse do público brasileiro com suas esculturas sonoras, em relevo e orgânicas feitas a partir de material rejeitado pela própria natureza como cascas, galhos e troncos de árvores.

Gesileu Salvatore se entusiasma com os primeiros resultados gerados pela visibilidade do site e planeja melhorar a galeria com os produtos e traduzir os textos para mais um idioma. "Uso apenas algumas ferramentas para divulgar o site, mas pretendo no ano que vem fazer divulgação em massa e alimentar melhor com fotos e informações sobre as obras", diz.

Ele acredita que palavras-chave como Amazônia, Xapuri – cidade onde nasceu – e Acre estimulem os acessos. No Brasil, os Estados que mais procuram o trabalho do artista são Rio de Janeiro, São Paulo, Minas, Pernambuco e o Distrito Federal.

Para Salvatore, "essa é a hora para que os artistas acreanos acordem e usem mais a internet como forma de divulgar seus trabalhos para o mundo". O artista prepara uma exposição para o primeiro semestre de 2009 com recursos gerados a partir da Lei de Incentivo à Cultura do Governo do Estado. Para conhecer melhor o trabalho do artista é só entrar no site www.gesileusalvatore.com