Curso sobre pré-natal de baixo risco é oferecido a profissionais de saúde

O objetivo do curso é evitar a mortalidade materna e aumentar consultas pré-natais (Foto: Arquivo/Sesacre)
O objetivo do curso é evitar a mortalidade materna e aumentar as consultas pré-natais (Foto: Arquivo/Sesacre)

Os profissionais de enfermagem da atenção primária de Brasileia, Epitaciolândia, Assis Brasil e Xapuri participarão do curso de “Atualização de Pré-Natal de Baixo Risco e Puerpério na Atenção Básica”, entre os dias 25 e 28, no auditório do Centro de Educação Permanente (Cedup), em Brasileia, das 8 às 18 horas.

O objetivo do curso é atualizar os profissionais que atuam com pré-natal de baixo risco, com enfoque nas novas práticas de cuidado com as gestantes, e apresentar as novas Cadernetas da Gestante, Ficha Perinatal e Protocolo de Referência e Contrarreferência de Alto Risco, durante a gestação.

A primeira etapa foi realizada em maio, contemplando quatro municípios na região do Baixo Acre. Na sua segunda etapa, serão mais quatro cidades do Alto Acre. Em outubro, na terceira e última fase, será a vez da região do Juruá, quando será concluído o curso ofertado para todo o Estado.

“O principal objetivo desse curso é evitar a mortalidade materna e a prematuridade, e aumentar o número de consultas pré-natais, preparando nossos profissionais para melhor atender as pacientes”, informou Emanuelly de Sousa Nóbrega, enfermeira especialista em Saúde da Família e Comunidade da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre).

O curso é realizado em parceria entre a Sesacre, por meio da Divisão da Saúde da Mulher, a Universidade Federal do Acre (Ufac), pela Pró-Reitora de Pesquisa e Extensão, e secretarias municipais de Saúde dos municípios do Alto Acre.