Segurança

Curso de Habilitação de Oficiais Administrativos forma 29 policiais

O vice-governador Major Rocha prestigiou a solenidade de formatura de 29 alunos do Curso de Habilitação de Oficiais Administrativos (Choa) realizada na manhã desta sexta-feira, 14, no auditório do Colégio Militar Tiradentes, em Rio Branco.

Solenidade de formatura foi realizada no Colégio Militar Foto: Diego Gurgel/Secom

A qualificação faz parte do planejamento institucional da Polícia Militar do Acre (PMAC), que visa contemplar os militares que ingressaram na corporação no quadro de praças e hoje chegaram à patente de subtenente.

“Esta formatura representa o reconhecimento pelos serviços prestados à comunidade. O Estatuto da Polícia Militar garantiu a progressão dos militares. Agora, vocês estão aptos a alcançar o oficialato e a ajudar, ainda mais, a corporação a desempenhar sua missão de servir e proteger”, destacou o vice-governador.

A formação teve início em janeiro deste ano e foi encerrada em agosto, totalizando 1.044 horas-aulas. Durante a solenidade, os três primeiros colocados foram homenageados. O subtenente José Henrique de Araújo Neto foi o primeiro colocado no curso de formação e recebeu a Medalha Major Donato de Oliveira, concedida a militares que se dedicam aos estudos.

Militar há 26 anos, ele mencionou o aumento da responsabilidade ao estar apto para subir de posto. “Todo militar busca galgar, dentro da hierarquia, novos postos. Este curso nos habilita sair de um círculo de praça e passar para o de oficiais. É um passo muito grande dentro da carreira policial, é um reconhecimento, que nos traz mais responsabilidade”, destacou.

Militar recebeu a condecoração do vice-governador Foto: Diego Gurgel/Secom

O coronel Douglas Augusto Tomas, diretor de ensino da PMAC, lembrou os desafios encontrados durante o curso em razão da pandemia do novo coronavírus, que impôs novas regras para a realização das atividades. “Precisamos fazer ajustes, mas o curso foi encerrado com êxito. Esta é uma guinada importante na vida dos militares, espero que possam honrar o patamar que conquistaram”, disse, ao parabenizar os formados.

A solenidade de formatura também foi prestigiada pelo secretário de Segurança em exercício, Maurício Pinheiro, pelo comandante da PMAC, coronel Paulo César Gomes, e pela defensora-geral do Estado, Roberta Caminha.

O curso foi desenvolvido no Centro Integrado de Ensino e Pesquisa em Segurança Pública (Cieps). Esse treinamento é pré-requisito para os militares graduados como subtenentes ingressarem no oficialato e atingirem o posto de segundo-tenente. Dividido em várias disciplinas, entre teóricas e práticas, além de estágio supervisionado durante as atividades, o curso habilitou 29 policiais militares ao primeiro posto do oficialato.

Os militares passaram por um processo de treinamento específico para o posto de oficial, estão preparados para tomar decisões estratégicas e comandar a tropa nos diversos aspectos do serviço policial. “Mais uma turma de policiais que foram capacitados e retornarão à tropa para aumentar a segurança junto à sociedade. Toda vez que a gente consegue trazer os policiais para o meio acadêmico, com certeza eles voltam mais capacitados”, enfatizou o comandante da PMAC.