A comitiva internacional  para o monitoramento do Programa REM Acre Fase II visitou também as dependências físicas das Unidades de Gestão Ambiental Integradas (Ugais) do Liberdade e Acuraua, localizadas no Complexo Estadual Florestas do Rio Gregório – Vale do Juruá e Tarauacá, e o Viveiro da Floresta, no último domingo, 26, e segunda-feira, 27. 

Comitiva do Programa REM conhece as dependências da Ugai Acurauá. Foto: José Caminha/Secom

Acompanhado da secretária Estadual de Meio Ambiente e das Políticas Indígenas, Paola Daniel, o  gerente principal de Portfólio do Banco Alemão de Desenvolvimento KfW, Klaus Köhnlein, pôde saber mais sobre o trabalho integrado entre as secretarias e todo o suporte logístico das ações integradas do setorial de meio ambiente.

Klaus Kohnlein conheceu também o Viveiro da Floresta, onde vislumbrou o trabalho integrado entre as pastas setoriais de meio ambiente que abrange as iniciativas apoiadas pelo Programa REM Acre. 

Gerente de Projetos do Programa REM no Banco KfW, Klaus Kohnlein conheceu o trabalho integrado entre as pastas setoriais de meio ambiente. Foto: José Caminha/Secom

O Viveiro da Floresta conta com inúmeras espécies de plantas frutíferas e florestais destinadas às comunidades do entorno e as Terras Indígenas, beneficiadas com os Planos de Desenvolvimentos Comunitários (PDCs) e Planos de Gestão de Terras Indígenas (PGTIs).

Na Ugai do Liberdade, o técnico responsável pelo viveiro, Eliedson da Silva Lima, ressalta que, no início do ano, foram enviadas mais de 60 mil mudas de açaí, banana e espécies florestais para implementação do Programa de Regularização Ambiental (PRA), que contemplam ainda as famílias beneficiadas pelo Programa REM Acre Fase II na atividade do Safs.

Técnico responsável pelo viveiro da Ugai do Liberdade, Eliedson da Silva Lima, ressalta a importância das mudas para o trabalho de reflorestamento nas comunidades. Foto: Neto Lucena/Secom

As sedes das Ugais funcionam como ponto de apoio e suporte aos moradores das áreas de preservação próximas e às equipes do governo, que sempre realizam trabalhos junto às comunidades.

Gerente do KfW , consultores e equipe do governo do Estado visitam as Unidades de Gestão Ambientais Integradas (Ugais) do Liberdade e Acuraua. Foto: José Caminha/Secom

A visita contou ainda com a participação dos consultores internacionais para a implementação do Programa REM Acre – Fase II, GFA Consulting Group em parceria com o Earth Innovation Institute (EII), Elsa Mendoza e Dan Pasca, e os assessores técnicos da Cooperação Técnica Alemã – GIZ no Acre, Jânio Aquino e Maria do Socorro Oliveira.

Também se fizeram presentes: a secretária Estadual de Meio Ambiente e das Políticas Indígenas (Semapi), Paola Daniel, representando o governo do Acre; a coordenadora-geral da Unidade de Coordenação do Programa REM na Seplag (UCP/REM/Seplag), Rose Sena; o coordenador técnico do escritório do CAR e PRA/Semapi, Cláudio Cavalcante; o ouvidor do Sistema de Incentivos a Serviços Ambientais (Sisa), Luiz Fernando Silva Nogueira; a diretora executiva interina do Instituto de Mudanças Climáticas e Regulação de Serviços Ambientais (IMC), Nazaré Macedo; e a assessora técnica do IMC, Nésia Moreno.