Com pipoca, indicada ao Prêmio Jabuti lança livro infantil em Rio Branco

(Foto: cedida)
Adelice contou à comunidade do Irineu Serra como concebeu a história (Foto: Paula Gonçalves)

Há situações que só se veem no Acre, tamanha a informalidade. Uma escritora baiana, indicada ao Prêmio Jabuti 2013 na categoria de ficção juvenil, lança ao ar livre, num quase quintal, seu primeiro livro infantil na tradicional Vila Irineu Serra, localizada na maior área de proteção ambiental da capital acreana.

Dramaturga, diretora de teatro, atriz e doutora em Artes Cênicas, Adelice Souza trouxe seu Adestradora de Galinhas para o pátio do Ceflimmavi, um dos centros da doutrina do Daime no Alto Santo, como também é conhecida a localidade.

Foto: arquivo pessoal)
O livro é utilizado na alfabetização infantil (Foto: arquivo pessoal)

Cercada de adultos, crianças e animais, como, aliás, é o universo da sua história, Adelice contou, no fim de tarde de domingo, 14, em meio a rodadas de pipoca, como concebeu o livro, escrito em menos de dez dias para concorrer a um edital da Secretaria de Educação da Bahia.

Seu trabalho foi contemplado e teve 40 mil exemplares distribuídos na rede pública de ensino das cidades da Bahia, sendo atualmente utilizado no processo de alfabetização infantil. Conta a experiência de uma criança que vai passar as férias na casa dos avós, que criam galinhas. Um dos diferenciais da publicação é que as ilustrações foram feitas por uma criança de cinco anos, Ana Luísa Reis.

“O livro fala de amor, de cuidado com a vida, de respeito aos valores que estão sendo perdidos numa existência urbana fria, construída a partir do consumo desenfreado. A diversão fica restrita a shopping centers e brinquedos tecnológicos, entre tantas outras coisas que afastam as crianças de um modo de vida mais saudável e natural”, avalia Adelice, que tem mais seis livros publicados e outros na gaveta.

O lançamento já viajou por várias cidades da Bahia, de Sergipe e em março deste ano aterrissará em Lisboa, Coimbra e outras localidades de Portugal. Para obter a obra, entre em contato com a autora: adelicesouza@oi.com.br.