Cultura

Com arte e conhecimento, Acre celebra a vida e o legado de Santos Dumont

Em comemoração aos 150 anos de Santos Dumont, o governo do Acre, por meio da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM), nesta quinta-feira, 6, promoveu entretenimento e conhecimento para a população acreana, com uma programação educativa para melhor celebrar a vida e os feitos do pai da aviação.

Nesta quinta-feira, a população foi agraciada pela homenagem áerea que cruzou os céus de Rio Branco, com a apresentação do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), a Esquadrilha da Fumaça. Foto: Marcos Vicentti/Secom.

Nascido em 1873, em Minas Gerais, Dumont tornou-se uma das pessoas mais famosas durante o século XX, por seus trabalhos voltados à aviação, como a criação do 14-bis. Essas e demais informações foram acessíveis ao público que povoou o complexo histórico do Calçadão da Gameleira. 

Na Galeria de Arte Juvenal Antunes foi montada uma exposição retratando momentos marcantes da história do Acre integrados à aviação. 

Fundada em 2006, a Galeria de Arte Juvenal Antunes é um espaço referência das artes visuais acreanas, o qual busca reunir obras de diversos segmentos. Foto: Marcos Vicentti/Secom.

Também foram expostas fotos das atuais aeronaves do Estado, como o Cockpit Bombardier 601, o helicóptero Esquilo AS350 e o Seneca III PP-FFZ, as quais representam essenciais ações do governo, como o resgate de pessoas ou o transporte de saúde e políticas públicas para comunidades afastadas dos grandes centros.

A estudante Isabele Gomes trata o conhecimento com importância: “Acho que todos deveriam aprender um pouco mais da nossa história do Acre, lugar onde moramos, e da vida de Santos Dumont, um herói nacional que realizou coisas grandiosas”.

Nascida em Belém, no Pará, a jovem conta que sempre teve curiosidade sobre aviação e, pela segunda vez, apreciou o espetáculo da Esquadrilha da Fumaça. Foto: Marcos Vicentti/Secom.

Já no Cine Teatro Recreio, o público pôde prestigiar uma performance artística da Companhia Garatuja de Artes Cênicas, a qual, por meio de declamação e atuação, contou a trajetória de vida e grandes atos de Alberto Santos Dumont. Logo após, foi exibido um curta-metragem documentário, com maior aprofundamento sobre as proezas do cientista.

A história da aviação acreana também foi abordada pelos artistas, os quais também tomaram um momento para prestar homenagem ao dramaturgo José Celso, que faleceu na manhã desta quinta-feira. Foto: Marcos Vicentti/Secom.

Cauby Mesquita, guia turístico da FEM, exalta a ocasião: “Com muita alegria, recebemos a população em nosso espaço, fazendo com que se sinta bem e tenha um momento de lazer, ao mesmo tempo em que aprecia a nossa cultura”.

A população também contou com apresentações dos DJs Lauro Félix e Black. Foto: Marcos Vicentti/Secom.