Cientistas brasileiros lançam revista para debater as grandes questões da Amazônia Internacional

Denise Schaan, que estuda os geoglifos do Acre, é uma das editoras da publicação de periodicidade semestral 

Grupo de cientistas da região Norte  lançaram a Amazônica,  periódico científico transnacional, voltado a promover o debate, a construção do conhecimento e a veiculação de resultados de pesquisas científicas relativas às populações da Amazônia Brasileira e Internacional, nos quatro campos da antropologia.

De acordo com Denise Schaan, uma das coordenadoras do projeto de pesquisa dos geoglifos do Acre e uma das editoras de Amazônica, a revista  pretende ser "um fórum de debates para integrar cientistas que atuam nos diversos países amazônicos, de forma a romper as barreiras nacionais que têm mantido suas produções científicas isoladas e dificultado o diálogo".

Nesse contexto, lembra ela,  incentiva-se a publicação de artigos  transdisciplinares e resultados de pesquisas que envolvam equipes interinstitucionais e transnacionais. São também aceitos trabalhos que, ainda que não versem sobre sociedades amazônicas, tenham importância inequívoca para o avanço do conhecimento científico sobre a região.

Os autores, sendo a editora,  deverão ser capazes de expor suas idéias de forma compreensível para cientistas das diversas nacionalidades e das diversas disciplinas que estudam a diversidade e variabilidade da experiência humana. São aceitos artigos em português, inglês, espanhol e francês. A revista publica  originais inéditos, relatórios de pesquisa, notícias de pesquisas em andamento, resenhas, traduções, resumos de teses e ensaios fotográficos -semestralmente, em março e setembro, em versões digital e impressa. Nesta chamada os artigos devem ser enviados até 30 de novembro.

Enviar contribuições para denise@marajoara.com.