Incêndios e Queimadas

Chamados ao Corpo de Bombeiros diminuem durante o feriado prolongado

Bombeiros trabalham 24 horas no combate aos incêndios (Foto: Sérgio Vale/Secom)

O Comando-Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Acre (CBMAC) registrou queda no número de ocorrências relacionadas a queimadas e incêndios florestais no último fim de semana, com feriado prolongado.

Na comparação com o mesmo período do ano passado, as ocorrências atendidas pelo CBMAC relacionadas aos incêndios de vegetação em Rio Branco tiveram um decréscimo de 28% em 2017.

De 1 de janeiro a 10 de setembro de 2016, foram 3.483 registros junto ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp). De janeiro a setembro deste ano, 2.498 ocorrências. Todos os chamados foram atendidos pela corporação.

No domingo, 10, o Ciosp encaminhou 26 ocorrências aos batalhões do Corpo de Bombeiros em todo o Acre. Nessa mesma data, em 2016, foram 47 incêndios e queimadas.

“O pico de chamados ao Ciosp durante o feriado prolongado foi no domingo. Mesmo assim, o número é quase 50% menor que o registrado em 2016. Isso significa que a própria população entendeu que o momento é de cautela”, disse o coronel Roney Cunha, comandante-geral do CBMAC.

No último domingo, 10, foram 26 ocorrências atendidas (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Operações

Nos últimos meses os órgãos da área de Meio Ambiente têm intensificado as fiscalizações e o monitoramento das áreas críticas. Diversas operações estão sendo desencadeadas e já resultaram, inclusive, na prisão de pessoas em flagrante.

O Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac), em parceria com o Batalhão Ambiental (BPA) da Polícia Militar, já aplicou mais de meio milhão de reais em multas. Propriedades em todas as regionais do estado foram embargadas.

“Nossas operações têm reunido o maior números de agentes públicos possível. Estamos apreendendo, autuando e embargando. O trabalho segue de maneira firme e enérgica em todo o estado”, afirmou Paulo Viana, diretor-presidente do Imac.